Diante de paralisação, Vitória dará férias coletivas de 20 dias a partir de 1º de abril

Medida irá incluir jogadores e outros funcionários do clube. Há possibilidade de prorrogação do prazo


Tribuna da Bahia, Salvador
25/03/2020 15:38 | Atualizado há 14 dias, 8 horas e 34 minutos

   
Foto: Letícia Martins / EC Vitória

Jogadores e demais funcionários do Vitória entrarão de férias coletivas a partir do dia 1º de abril. A informação foi dada ao GloboEsporte.com pelo diretor jurídico do Vitória, Dilson Junior. De acordo com ele, há possibilidade de prorrogação do prazo das férias.

Os campeonatos que o Vitória disputa - Copa do Brasil, Campeonato Baiano e Copa do Nordeste - estão paralisados por tempo indeterminado. Sem a previsão de retorno, a medida encontrada pelo clube foi a de antecipar as férias. O técnico Geninho, inclusive, disse não ter condição de fazer nenhum tipo de planejamento no momento.

Em relação aos salários, o diretor jurídico do Vitória lembrou a negociação existente para que seja feita uma redução salarial dos atletas.

- Com relação aos jogadores, há uma negociação nacional pelo Comitê Brasileiro de Clubes com os Sindicatos de atletas visando ajustar mutuamente pontos sobre o período de inatividade. O Vitória aguarda tal posicionamento para saber se adotará novas medidas além da concessão de férias - afirmou.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas