Guedes adia nova CPMF e apresenta hoje projeto de simplificação de impostos

Ministro levará ao presidente do Senado a sugestão de simplificação de impostos. Novo tributo ficará para outra etapa

Tribuna da Bahia, Salvador
21/07/2020 11:58 | Atualizado há 23 dias, 22 horas e 51 minutos

   
Foto: Christian Clavadetscher

Após mais de um ano de promessas, o governo deve apresentar, hoje, ao Congresso a primeira parte do projeto de reforma tributária, com proposta de unificação de tributos federais sobre o consumo, para simplificar a cobrança. O ministro da Economia, Paulo Guedes, deve entregar o texto pessoalmente ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). O restante das ideias da equipe econômica será enviado de forma fatiada nos próximos meses.

Para facilitar a aceitação entre os parlamentares, Guedes não incluiu no projeto inicial a criação de um imposto sobre transações digitais, nos moldes da antiga Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira (CPMF). A proposta, por enquanto, é apenas juntar o Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), que vão passar a ser um imposto só, com alíquota de 12%.

Ainda que a simplificação da cobrança seja um assunto muito menos controverso do que uma nova CPMF, há divergências entre os projetos do Legislativo e o do Executivo sobre o assunto. Parte do Congresso quer incluir outros tributos na lista, como o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI, federal), o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS, estadual) e o Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS, municipal).

Para facilitar a discussão e chegar a um texto consensual, a comissão mista que discute a reforma tributária no Congresso, parada desde março devido à pandemia, deve voltar aos trabalhos. “Vamos retomar o debate em conjunto, Câmara e Senado, que é o melhor caminho”, disse, ontem, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em coletiva de imprensa, após encontro com Alcolumbre.

“Nós estamos discutindo procedimentos do retorno da comissão mista, para voltar audiências públicas remotas. O governo demonstrou interesse nesta semana”, disse o presidente do colegiado, Roberto Rocha (MDB-MA). A proposta do governo passará pela comissão formada por 25 deputados e 25 senadores, criada em 19 de fevereiro para discutir duas propostas de emenda à Constituição (PECs): a 45, da Câmara, e a 110, do Senado.

As três têm como base a unificação de tributos sobre bens e serviços. A diferença é a abrangência. “O ideal, claro, é que se possa fazer a reforma mais ampla possível”, completou o presidente da Câmara, que defende a inclusão de tributos estaduais e municipais no projeto. “Mas, se só houver condições para aprovar o projeto do governo, vamos avançar do mesmo jeito.”

Criar uma contribuição com alíquota de 12% no lugar da PIS e da Cofins, ainda que seja a alternativa mais simples, aumenta a carga tributária de alguns setores e gera controvérsia. Em especial, o de serviços, que já critica a unificação de impostos sobre o consumo desde que o assunto veio à tona, no ano passado. Para compensar o prejuízo, a equipe econômica quer diminuir encargos trabalhistas, com a desoneração da folha de salários, o que seria proposto em outro texto, numa próxima etapa da reforma.

O governo também pretende, em um segundo momento, diminuir isenções concedidas no Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRPF) e diminuir as alíquotas do Imposto de Renda sobre Pessoas Jurídicas (IRPJ). No lugar, passaria a cobrar uma taxa sobre a distribuição de lucros e dividendos. Também está entre as ideias do Executivo substituir o IPI por um Imposto Seletivo, que incidiria apenas sobre produtos como bebidas e cigarros.


Alessandra Azevedo e Luiz Calcagno - Correio Braziliense

Compartilhe       

 




Mais sobre

ECONOMIA | 05/08/2020 14:10 - Há 8 dias, 20 horas e 39 minutos
Governo está aberto para debater metodologia de alíquota de imposto, diz Guedes

ECONOMIA | 04/08/2020 14:44 - Há 9 dias, 20 horas e 5 minutos
Ministério da Economia se diz favorável ao fim da meia-entrada

ECONOMIA | 03/08/2020 10:54 - Há 10 dias, 23 horas e 55 minutos
Economia propõe acabar com todas as meias-entradas

ECONOMIA | 31/07/2020 11:10 - Há 13 dias, 23 horas e 38 minutos
Guedes quer André Brandão no comando do Banco do Brasil

ECONOMIA | 30/07/2020 06:30 - Há 15 dias, 4 horas e 19 minutos
Por novo tributo, Guedes acena com maior isenção do IR

ECONOMIA | 29/07/2020 18:08 - Há 15 dias, 16 horas e 41 minutos
Banco Central anuncia que lançará cédula de R$ 200 em agosto

ECONOMIA | 28/07/2020 16:29 - Há 16 dias, 18 horas e 19 minutos
Movimento pela sustentabilidade ganha corpo e se reúne com Maia

ECONOMIA | 28/07/2020 09:49 - Há 17 dias, 1 hora e 0 minutos
Governo pensa em prorrogar auxílio ou criar programa substituto

ECONOMIA | 27/07/2020 06:30 - Há 18 dias, 4 horas e 19 minutos
'Reforma tributária tem de ser a mais ampla possível', diz relator

ECONOMIA | 26/07/2020 06:50 - Há 19 dias, 3 horas e 59 minutos
Guedes quer alguém jovem e que "aguente o tranco" no Banco do Brasil

ECONOMIA | 25/07/2020 06:40 - Há 20 dias, 4 horas e 9 minutos
Presidente do Banco do Brasil pede a Bolsonaro e Guedes para deixar o cargo

ECONOMIA | 22/07/2020 14:12 - Há 22 dias, 20 horas e 37 minutos
'Não comento sobre a parte tributária', diz Campos Neto, sobre imposto

ECONOMIA | 22/07/2020 06:30 - Há 23 dias, 4 horas e 19 minutos
Guedes: é a política que dita o ritmo das reformas

ECONOMIA | 21/07/2020 17:34 - Há 23 dias, 17 horas e 15 minutos
Governo propõe reunir PIS-Cofins em uma mesma contribuição com alíquota única de 12%

ECONOMIA | 21/07/2020 11:17 - Há 23 dias, 23 horas e 32 minutos
Mais de 700 mil receberão amanhã 1ª parcela do auxilio emergencial

ECONOMIA | 21/07/2020 06:30 - Há 24 dias, 4 horas e 19 minutos
Banco do Brics aprova financiamento para auxílio emergencial no Brasil

ECONOMIA | 20/07/2020 14:40 - Há 24 dias, 20 horas e 9 minutos
Caixa paga 4ª parcela de auxílio a beneficiários do Bolsa Família

ECONOMIA | 20/07/2020 11:15 - Há 24 dias, 23 horas e 34 minutos
Caixa libera novos saques do FGTS para trabalhadores nascidos em abril

ECONOMIA | 20/07/2020 06:30 - Há 25 dias, 4 horas e 19 minutos
Guedes quer convencer Bolsonaro e emplacar imposto

ECONOMIA | 19/07/2020 06:50 - Há 26 dias, 3 horas e 59 minutos
Mais de 16 mil baianos com pendências em requerimentos serão notificados pelo INSS

ECONOMIA | 18/07/2020 12:37 - Há 26 dias, 22 horas e 12 minutos
PF monta força-tarefa para apurar fraude em benefício

ECONOMIA | 18/07/2020 06:40 - Há 27 dias, 4 horas e 9 minutos
Maia desiste de pedido para barrar no STF venda de refinarias da Petrobras

ECONOMIA | 17/07/2020 13:50 - Há 27 dias, 20 horas e 59 minutos
Auxílio Emergencial: governo divulga calendário de novos pagamentos

ECONOMIA | 17/07/2020 06:30 - Há 28 dias, 4 horas e 19 minutos
Guedes: reforma tributária voltou à pauta da agenda econômica

ECONOMIA | 13/07/2020 14:28 - Há 20 horas e 20 minutos
Guedes: País seguirá com reformas e prioriza avançar no processo de adesão à OCDE

ECONOMIA | 12/07/2020 06:50 - Há 2 dias, 3 horas e 59 minutos
Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 44 milhões

ECONOMIA | 11/07/2020 06:40 - Há 3 dias, 4 horas e 9 minutos
Maia rompe com Guedes e só conversa com técnicos do Ministério da Economia

ECONOMIA | 10/07/2020 11:03 - Há 3 dias, 23 horas e 46 minutos
Governo antecipa saque do auxílio para 2 milhões de pessoas

ECONOMIA | 09/07/2020 16:00 - Há 4 dias, 18 horas e 48 minutos
Safra baiana de grãos poderá ter esse ano um recorde histórico

ECONOMIA | 07/07/2020 11:15 - Há 6 dias, 23 horas e 34 minutos
TCU aponta indícios de pagamento de auxílio emergencial indevido a mais de 230 mil empresários