Novo líder do governo defende distribuição de cargos e fala em 'enfrentar servidores'

O deputado federal Ricardo Barros (Progressistas-PR) defendeu a distribuição de cargos no governo

Tribuna da Bahia, Salvador
14/08/2020 06:30 | Atualizado há 10 dias, 20 horas e 50 minutos

   
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Novo líder do governo na Câmara, o deputado federal Ricardo Barros (Progressistas-PR) defendeu a distribuição de cargos no governo para fortalecer a articulação no Congresso. Em entrevista à Rádio Eldorado, disse ainda que é preciso "enfrentar a corporação dos servidores públicos" para aprovar a reforma administrativa.

Barros assumiu o lugar do deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), em um gesto do presidente Jair Bolsonaro que consolida a aliança com o Centrão. O cargo de líder do governo na Câmara dos Deputados é importante por ser a ponte entre o Palácio do Planalto e os parlamentares.

À Eldorado, Barros afirmou que "é absolutamente justo" que os partidos que deem governabilidade ao presidente tenham participação programática no governo. Questionado se a negociação passaria por cargos, o deputado afirmou que a articulação inclui a "coalizão de governo", uma vez que o presidente e seu partido têm apenas uma parcela de representantes no Congresso, precisando formar maiorias simples e qualificada para a aprovação de suas matérias de interesse.

"A nossa Constituição tem o presidencialismo de coalizão e é absolutamente justo que os partidos que vão dar governabilidade, que vão permitir o governo aprovar matérias que ele prometeu na campanha, tenham elementos de seu partido no governo, fazendo o programa de cada partido, é assim que funciona o Brasil", disse.

Inicialmente, segundo Barros, Bolsonaro tentou negociar diretamente com as frentes parlamentares. "Neste ano, desde fevereiro, iniciou uma tratativa com partidos políticos, com presidentes e líderes de partidos políticos, porque percebeu que as frentes parlamentares não tinham a condição de entregar a aprovação das matérias que o Brasil precisa."

O novo líder do governo na Câmara assume agora com a missão de melhorar a comunicação o Planalto e o Congresso, em um momento em que as tratativas para as principais reformas - a administrativa e a tributária - estão paradas. Segundo o deputado, para a reforma administrativa, o principal desafio será enfrentar os servidores de carreira.

"Claro que há sim uma grande resistência da corporação de servidores públicos que abduziu o Orçamento da União. Mas vamos enfrentar essa corporação, vamos enfrentar as dificuldades que aparecerem para que os brasileiros, em especial os contribuintes e aqueles que precisam do auxilio do Estado, sejam prioridade, e não a corporação dos servidores que levaram a grande vantagem nas discussões orçamentárias."

De acordo com Barros, a estratégia será direcionar a reforma administrativa para os servidores futuros, retirando os efeitos dos que já estão nomeados e são necessários para os procedimentos nas Casas Legislativas. "Quem escreve o documento para ser entregue ao Congresso? Servidores públicos. Nenhum papel tramita no governo sem o parecer técnico de um funcionário de carreira e sem o parecer jurídico de um funcionário de carreira. Os cargos comissionados não podem emitir esses pareceres. Então é natural que haja resistência desses funcionários em escrever algo que vai de encontro aos seus interesses", disse.

Ex-ministro da Saúde de Michel Temer, Barros também foi questionado sobre o interino na pasta, Eduardo Pazuello, e o gerenciamento da pandemia. O líder do governo na Câmara elogiou o trabalho do general e criticou os ex-ministros Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, que deixaram o governo após divergências com Bolsonaro, entre outros pontos, sobre o uso da cloroquina no tratamento da covid-19.


Estadão Conteúdo

Compartilhe       

 




Mais sobre

POLÍTICA | 23/09/2020 06:30 - Há 1 dia, 20 horas e 50 minutos
'Se a mídia está criticando, é porque o discurso foi bom', diz Bolsonaro

POLÍTICA | 23/09/2020 06:30 - Há 1 dia, 20 horas e 50 minutos
Aprovada na Câmara, CNH válida por 10 anos vai a sanção

POLÍTICA | 23/09/2020 06:30 - Há 1 dia, 20 horas e 50 minutos
Raio Laser 23/09 - Frente

POLÍTICA | 22/09/2020 15:46 - Há 2 dias, 11 horas e 34 minutos
Para Mourão, discurso de Bolsonaro na ONU está dentro da visão do governo

POLÍTICA | 22/09/2020 15:39 - Há 2 dias, 11 horas e 41 minutos
Parlamentares repercutem discurso de Bolsonaro na ONU

POLÍTICA | 22/09/2020 15:30 - Há 2 dias, 11 horas e 50 minutos
TSE começa a registrar candidaturas de prefeitos e vereadores da Bahia em site

POLÍTICA | 22/09/2020 11:25 - Há 2 dias, 15 horas e 55 minutos
Em discurso na ONU, Bolsonaro fala sobre meio ambiente

POLÍTICA | 22/09/2020 10:30 - Há 2 dias, 16 horas e 50 minutos
Carlos Bolsonaro: 'ONGs vagabundas' fazem 'movimento orquestrado' contra meu pai

POLÍTICA | 22/09/2020 10:28 - Há 2 dias, 16 horas e 52 minutos
Ministro rejeita 'herdar' inquérito de Bolsonaro

POLÍTICA | 22/09/2020 06:30 - Há 2 dias, 20 horas e 50 minutos
Tribunal tem maioria de votos para tornar Crivella inelegível

POLÍTICA | 22/09/2020 06:30 - Há 2 dias, 20 horas e 50 minutos
Raio Laser - 22/09 - Inventário

POLÍTICA | 21/09/2020 15:59 - Há 3 dias, 11 horas e 21 minutos
Exército ignora regra de 2004 para trocar dados sobre armas com a PF

POLÍTICA | 21/09/2020 11:56 - Há 3 dias, 15 horas e 24 minutos
Durante audiência no STF, Heleno minimiza queimada e afirma ser fenômeno natural

POLÍTICA | 21/09/2020 11:54 - Há 3 dias, 15 horas e 26 minutos
Em discurso na Assembleia-Geral da ONU, Bolsonaro vai rebater críticas ao governo

POLÍTICA | 21/09/2020 11:36 - Há 3 dias, 15 horas e 44 minutos
Marco Aurélio libera meio bilhão da Andrade Gutierrez

POLÍTICA | 21/09/2020 11:23 - Há 3 dias, 15 horas e 57 minutos
Pautas prioritárias continuam travadas no Congresso Nacional

POLÍTICA | 21/09/2020 06:30 - Há 3 dias, 20 horas e 50 minutos
Carlos Bolsonaro ataca divulgação de seu depoimento à PF

POLÍTICA | 21/09/2020 06:30 - Há 3 dias, 20 horas e 50 minutos
Blogueiro investigado mantinha grupo com deputados bolsonarista

POLÍTICA | 20/09/2020 16:15 - Há 4 dias, 11 horas e 5 minutos
Partidos resistem a dar transparência ao uso de recursos

POLÍTICA | 20/09/2020 06:40 - Há 4 dias, 20 horas e 40 minutos
Hamilton Mourão rebate críticas às queimadas

POLÍTICA | 20/09/2020 06:40 - Há 4 dias, 20 horas e 40 minutos
PF acha troca mensagens entre blogueiro investigado e assessor de Bolsonaro

POLÍTICA | 19/09/2020 12:55 - Há 5 dias, 14 horas e 25 minutos
ACM Neto rebate Roberto Jefferson e critica desatenção com transporte público

POLÍTICA | 19/09/2020 12:53 - Há 5 dias, 14 horas e 27 minutos
Rui Costa quer que TCU apure uso da Força Nacional na Bahia

POLÍTICA | 19/09/2020 06:40 - Há 5 dias, 20 horas e 40 minutos
Aras pede fim de pensão paga a ex-governadores

POLÍTICA | 19/09/2020 06:40 - Há 5 dias, 20 horas e 40 minutos
Conversinha mole de ficar em casa é para os fracos, diz Bolsonaro

POLÍTICA | 19/09/2020 06:40 - Há 5 dias, 20 horas e 40 minutos
PF intima Moro a depor como testemunha sobre atos antidemocráticos

POLÍTICA | 18/09/2020 14:22 - Há 6 dias, 12 horas e 58 minutos
Bolsonaro: "Países que nos criticam não têm queimadas porque já queimaram tudo"

POLÍTICA | 18/09/2020 11:09 - Há 6 dias, 16 horas e 11 minutos
Roberto Jefferson derruba alianças do PTB com adversários de Bolsonaro

POLÍTICA | 18/09/2020 10:49 - Há 6 dias, 16 horas e 31 minutos
PT de Salvador forma a coligação mais fraca dos últimos 20 anos

POLÍTICA | 18/09/2020 06:30 - Há 6 dias, 20 horas e 50 minutos
Aras pede que Supremo rejeite ação contra foro de Flávio Bolsonaro