Método Canguru humaniza assistência a bebês de baixo peso no Iperb

O Método Mãe Canguru foi idealizado em 1978 na Colômbia, pelos doutores Rey e Martinez, como resposta à superlotação das incubadoras, levando a altas taxas de infecção e morte, além do abandono dos RNBP por ocasião da alta

Tribuna da Bahia, Salvador
16/09/2020 06:30 | Atualizado há 6 dias, 11 horas e 27 minutos

   
Foto: Romildo de Jesus / Tribuna da Bahia

Por: Cleusa Duarte


Imagine aquela gestante que passa meses desesperada com o risco da gravidez, ou o bebê que nasce prematuro e a família não tem estrutura para arcar com os cuidados que necessita. Pois se não sabe, fique por dentro de que há políticas públicas no Brasil que cuidam disso. Aqui na Bahia quem reestruturou e adequou, além de atualmente desenvolver o método mãe canguru com excelência é o Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba).

O Método Mãe Canguru foi idealizado em 1978 na Colômbia, pelos doutores Rey e Martinez, como resposta à superlotação das incubadoras, levando a altas taxas de infecção e morte, além do abandono dos RNBP por ocasião da alta.

Apesar de ter sido contestado inicialmente, algumas experiências exitosas mostraram que o Método Mãe Canguru, ou "pele a pele", em bebês com estabilidade clínica era prazeroso para as mães e relaxante para os bebês, portanto aplicável no mundo desenvolvido 14,15. Outras publicações, como os estudos de Ludington-Hoe et al. mostraram que o método era seguro e que trazia benefícios, tanto biológicos como sociais e psicoafetivos.

No Brasil, os primeiros hospitais que trabalharam com a posição canguru foram os hospitais Guilherme Álvaro, em Santos, e o Instituto Materno Infantil de Pernambuco (IMIP), na Cidade do Recife. A partir de então, alguns hospitais brasileiros começaram a realizar a "Posição Canguru", isto é, a colocação do recém-nascido em contato pele a pele sobre o peito da mãe 18.

Em 5 de julho de 2000, foi publicada a Portaria 693/GM que estabeleceu a Norma de Orientação para a Implantação do Método Canguru 19, tornando o Método Mãe Canguru uma política pública.

Este método compreende três etapas nas quais a equipe de profissionais da Unidade Neonatal (UN) deve estar preparada para oferecer um atendimento de Saúde qualificado, observando a individualidade de cada criança e de sua história familiar. Inclui também a preocupação com a saúde integral dessa equipe no desempenho de suas funções e com o ambiente hospitalar, abordando o acolhimento e a segurança nos cuidados neonatais, que devem ser adequados a cada momento evolutivo do RN.

No Iperba, a pediatra Andrea dos Santos Carvalho conta, que o hospital já trabalhava com o método deste 2000, porém em julho passado ela e sua equipe identificaram que precisava qualificar o projeto com mais profissionais e oferecendo maior cuidado com o bebê e sua família,, “conversei com a direção do hospital e prontamente fomos atendidos. Reestruturamos o setor e hoje quando um bebe nasce prematuro, abaixo do peso, encaminhamos para essa enfermaria especial juntamente com sua mãe. Ali orientamos os cuidados necessários, ajudamos na amamentação do bebê até que ele consiga aprender a sugar. Um bebê que nasce prematuro não tem forças para fazer isso sozinho.Nossa equipe multidisciplinar vai auxiliar nesse cuidado.”

A primeira etapa tem início no pré-natal, com a identificação de situação de risco que indique a necessidade de cuidados especializados para a gestante, os quais podem ou não acarretar a internação do recém-nascido (RN) em uma Unidade Neonatal, quer seja na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) ou na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal Convencional (UCINCo). Nesse momento a preocupação maior é facilitar a aproximação da família com o RN, diminuindo prováveis riscos quanto ao processo de interação e à formação de vínculo entre os pais e a criança.

Nesta etapa, recomenda-se a posição canguru o mais precoce possível e a participação da dupla parental na rotina de cuidados neonatais. A segunda etapa ocorre na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal Can- guru (UCINCa) onde a mãe, apoiada e orientada pela equipe de Saúde, assume a maior parte dos cuidados com seu filho. São ainda objetivos dessa etapa a continuidade do aleitamento materno, esclarecer as dúvidas em relação aos cuidados do RN e praticar a posição canguru, que deve ser realizada pelo maior tempo possível.

Na segunda etapa, a mamãe internada na Ucinca, no caso o Iperba recebe orientações da equipe multidisciplinar, “realizamos um trabalho de humanismo de aproximação da mamãe com o bebê. Orientamos como retirar o leite do seio e colocar na sonda. Fazemos trabalhos de musica, dança, trabalhos manuais, tiramos fotografias e promovemos a interação desse bebê com a mamãe. Só damos alta quando o bebê está com cerca de 1,800 kg. Aqui no Iperba essa etapa acontece na enfermaria 16, onde o binômio é acompanhado diariamente, sendo estimulada a posição canguru com a faixa o maior tempo possível ”, explica Andréa.

Na terceira etapa o bebê é acompanhando pela equipe multidisciplinar após alta hospitalar. O acompanhamento então é feito pela Drª Andréa, “o bebê é avaliado em relação ao ganho ponderal, crescimento e desenvolvimento. A mãe recebe orientações sobre vacinas e os encaminhamentos necessários para o prematuro. O acompanhamento ocorre até o bebê alcançar 2,500 kg, sendo então encaminhado ao follow up.”

A mamãe Monalisa conta que a filha Maria Luiza nasceu pesando 1,210 Kg, “chegou aqui com 1,408 kg e já está com 1,720 kg, em breve vamos para casa, pois já está aprendendo a mamar no peito.” A equipe do Iperba é formada por 2 médicos, 2 fisioterapeutas, 1 psicólogo, 1 nutricionista , 2 enfermeiros e 6 técnicos de enfermagem.

Compartilhe       

 




Mais sobre

CIDADE | 21/09/2020 15:44 - Há 1 dia, 2 horas e 13 minutos
Entidades e personalidades assinam carta em defesa do Pantanal

CIDADE | 21/09/2020 06:30 - Há 1 dia, 11 horas e 27 minutos
Moradores de Salvador desrespeitam decreto e ocupam as praias no domingo

CIDADE | 21/09/2020 06:30 - Há 1 dia, 11 horas e 27 minutos
Chegada da Primavera promete sol e calor na Bahia

CIDADE | 21/09/2020 06:30 - Há 1 dia, 11 horas e 27 minutos
Livraria Saraiva fecha todas as suas unidades em Salvador

CIDADE | 20/09/2020 06:40 - Há 2 dias, 11 horas e 17 minutos
Biodiversidade marinha na Bahia ainda sofre com danos das manchas de óleo

CIDADE | 20/09/2020 06:40 - Há 2 dias, 11 horas e 17 minutos
Não há registro de morte por Covid para moradores de rua em Salvador

CIDADE | 20/09/2020 06:40 - Há 2 dias, 11 horas e 17 minutos
Pesquisa aponta efeitos da pandemia nos festejos juninos da Bahia

CIDADE | 20/09/2020 06:40 - Há 2 dias, 11 horas e 17 minutos
Escola Municipal de Dias d’Ávila é destaque no IDEB

CIDADE | 19/09/2020 06:40 - Há 3 dias, 11 horas e 17 minutos
'Ninguém veio aqui fazer a vistoria', diz homem que teve casa danificada durante terremotos

CIDADE | 19/09/2020 06:40 - Há 3 dias, 11 horas e 17 minutos
Caixa d’água tomba e causa falta de energia no bairro da Pituba

CIDADE | 19/09/2020 06:40 - Há 3 dias, 11 horas e 17 minutos
Praias são liberadas, mas ambulantes continuam proibidos

CIDADE | 18/09/2020 14:18 - Há 4 dias, 3 horas e 38 minutos
Prefeitura mantém restrições em Águas Claras, Santa Cruz e NE de Amaralina

CIDADE | 18/09/2020 11:28 - Há 4 dias, 6 horas e 29 minutos
Experiências gastronômicas se reinventam no Brasil

CIDADE | 18/09/2020 11:06 - Há 4 dias, 6 horas e 51 minutos
Bahia melhora no ranking nacional sobre insegurança alimenta

CIDADE | 18/09/2020 10:56 - Há 4 dias, 7 horas e 1 minuto
Petrobrás se desfaz de ativos na Bahia e preocupa trabalhadores

CIDADE | 18/09/2020 10:34 - Há 4 dias, 7 horas e 23 minutos
STF determina retirada da Força Nacional no sul da Bahia após pedido da PGE

CIDADE | 18/09/2020 06:30 - Há 4 dias, 11 horas e 27 minutos
Após mobilizações, Neto pode liberar praias nesta sexta-feira

CIDADE | 18/09/2020 06:30 - Há 4 dias, 11 horas e 27 minutos
Denunciado por suspeita de estupro, José Tércio é considerado foragido após operação do MP

CIDADE | 17/09/2020 19:31 - Há 4 dias, 22 horas e 25 minutos
ABMP aposta no alcance global do Scream 2020 virtual

CIDADE | 17/09/2020 18:45 - Há 4 dias, 23 horas e 12 minutos
Empresa assume compromisso de ajudar 2,5 milhões de brasileiros a reduzirem o consumo excessivo de álcool

CIDADE | 17/09/2020 15:02 - Há 5 dias, 2 horas e 55 minutos
Congresso reunirá grandes especialistas para discutir autismo

CIDADE | 17/09/2020 14:59 - Há 5 dias, 2 horas e 58 minutos
Militar da Marinha morre durante viagem de instrução na BA

CIDADE | 17/09/2020 14:53 - Há 5 dias, 3 horas e 4 minutos
Ministro da Educação diz que por ele aulas voltariam amanhã

CIDADE | 17/09/2020 14:13 - Há 5 dias, 3 horas e 44 minutos
Inaugurada nova sede de programa que combate desperdício de alimentos

CIDADE | 17/09/2020 11:13 - Há 5 dias, 6 horas e 44 minutos
Consumo consciente é tema do fórum de Harvard Business Review com a Ambev, especialistas e personalidades

CIDADE | 17/09/2020 11:05 - Há 5 dias, 6 horas e 52 minutos
Operação do MP cumpre mandado contra líder religioso

CIDADE | 17/09/2020 10:50 - Há 5 dias, 7 horas e 7 minutos
Após alta em julho, preço médio do aluguel tem recuo em agosto em Salvador

CIDADE | 17/09/2020 06:30 - Há 5 dias, 11 horas e 27 minutos
Construção civil tem alta nos preços e falta de materiais

CIDADE | 16/09/2020 15:30 - Há 6 dias, 2 horas e 27 minutos
Ambulantes fazem protesto no bairro de Itapuã e pedem liberação das praias

CIDADE | 16/09/2020 12:07 - Há 6 dias, 5 horas e 50 minutos
38,6% das empresas tiveram impacto negativo em agosto