Bahia é o 4º do país em faturamento de minérios

Estado ficou atrás do Pará, Minas Gerais e Goiás

Tribuna da Bahia, Salvador
25/10/2020 06:40 | Atualizado há 10 dias, 21 horas e 17 minutos

   
Foto: Portal Brasil.gov.br / Ricardo Teles

Por: Yuri Abreu


Um levantamento divulgado nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) colocou a Bahia no 4º lugar em faturamento no setor de produção mineral no país, no 3º trimestre deste ano, com 3,28% de participação e um montante total de quase R$ 1,7 bilhão – um aumento de 28% em relação aos meses de abril, maio e junho de 2019. O estado ficou apenas atrás dos líderes disparados, Pará (R$ 21 bi) e Minas Gerais (R$ 19 bi), além de Goiás, que teve resultado de R$ 1,8 bilhão em faturamento.

A Bahia também aparece bem ranqueada quando o assunto é a arrecadação de royalties (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais - CFEM), ocupando também o quarto lugar. Ao todo, a participação do estado, neste quesito, foi de quase 2% e o montante total superior a R$ 28 milhões. Os três primeiros lugares são, novamente, ocupados por Pará, Minas Gerais e Goiás.

Já quando o assunto é investimento, o estado tem um destaque ainda maior, perdendo somente para Minas Gerais. Conforme o Ibram, a expectativa é a de que haja um aporte financeiro, até o ano de 2024, de US$ 10,5 bilhões, o que corresponde a 28% de participação em nível nacional. Já o estado da Região Sudeste terá um investimento de R$ 12,5 bilhões – 34% de participação no mercado nacional. Entre os minerais em destaque, aqui na Bahia, estão cobre, ferro, zinco, níquel, magnesita, bauxita, ouro, vanádio e calcário.

BRASIL

Já englobando o país como um todo, o desempenho da indústria mineral no 3º trimestre aponta para a melhoria em diversos indicadores, como atração de novos investimentos; exportação; faturamento; recolhimento de royalties e tributos; redução das importações; geração de empregos, entre outros. O saldo mineral, que é a diferença entre exportação e importação de minérios, correspondeu a 45,5% do saldo comercial do Brasil no 3º trimestre. Além disso, as perspectivas de investimentos em mineração para 2020-2024 aumentaram recentemente de US$ 32,5 bilhões para mais de US$ 37 bilhões.

No período, a valorização cambial e também dos preços das commodities minerais, segundo a Ibram, estabeleceram o faturamento da indústria mineral em R$ 50 bilhões, sendo que a produção está estimada em aproximadamente 287 milhões de toneladas de minérios, acima da registrada no 2º trimestre (cerca de 210 milhões de toneladas) e também superior, na comparação com a do 3º trimestre de 2019 (280 milhões de toneladas).

No acumulado do ano – nos três trimestres –, a indústria da mineração faturou R$ 126 bilhões. O resultado de todo o ano de 2019 se situou em R$ 153 bilhões. Por substância mineral, o minério de ferro responde por cerca de 63% do faturamento, em reais, da mineração brasileira no 3º trimestre de 2020: R$ 32 milhões. Em seguida estão: ouro (13% = R$ 6,6 bilhões); cobre (6% = R$ 3,2 bilhões); calcário dolomítico (3% = R$ 1,4 bilhão); bauxita (2% = R$ 1,1 bilhão); fosfato (1% = R$ 5,8 milhões).

Ainda no 3º trimestre de 2020 as maiores evoluções do faturamento (em reais) em relação ao 2º trimestre deste ano foram as do calcário dolomítico (54%); minério de ferro (37%); ouro e fosfato (22% cada); cobre (6%). Já o faturamento da bauxita declinou em 17%. O recolhimento de tributos apresentou crescimento de cerca de 28% em relação ao trimestre anterior, chegando a mais de R$ 17 bilhões, sendo R$ 1,44 bilhão em royalties (CFEM) e mais de R$ 16 bilhões em impostos, taxas e outros. No acumulado do ano – três trimestres – o setor mineral recolheu R$ 43,46 bilhões em tributos. Em todo o ano de 2019, o total foi de R$ 52,94 bilhões.

“A perspectiva para os próximos trimestres é manter a curva ascendente nesses indicadores, desde, é claro, que a pandemia ou outros fatores não interfiram no desempenho industrial, no Brasil e nos mercados compradores de minérios”, avalia Flávio Penido, diretor-presidente do Ibram. O dirigente afirmou, também, que o desenvolvimento e a expansão da indústria minerária no Brasil, nos próximos anos, “acontecerão de forma responsável e sustentável” com indicadores cada vez mais positivos em termos de sustentabilidade, segurança operacional, relacionamento com comunidades, entre outros pontos.

Compartilhe       

 




Mais sobre

ECONOMIA | 04/05/2021 12:00 - Há 1 dia, 15 horas e 57 minutos
Governo anuncia vetos em projeto de socorro a setor de eventos

ECONOMIA | 04/05/2021 09:35 - Há 1 dia, 18 horas e 21 minutos
Com alta, confiança do empresariado baiano susta trajetória descendente em abril

ECONOMIA | 03/05/2021 17:34 - Há 2 dias, 10 horas e 22 minutos
Exportação de soja do Brasil atinge recorde de 17,38 mi t em abril

ECONOMIA | 03/05/2021 15:17 - Há 2 dias, 12 horas e 39 minutos
Brasil não renovará pacto de transporte naval com Argentina e Uruguai

ECONOMIA | 02/05/2021 18:30 - Há 3 dias, 9 horas e 27 minutos
Maior leilão da história trará o 5G ao Brasil

ECONOMIA | 02/05/2021 18:30 - Há 3 dias, 9 horas e 27 minutos
Bancos não cobram tarifa sobre limite do cheque especial desde abril de 2020

ECONOMIA | 02/05/2021 14:33 - Há 3 dias, 13 horas e 23 minutos
Confira vagas de emprego disponíveis no Sine Bahia nesta segunda-feira

ECONOMIA | 02/05/2021 09:52 - Há 3 dias, 18 horas e 4 minutos
Conta de luz terá bandeira vermelha e ficará mais cara em maio

ECONOMIA | 01/05/2021 10:29 - Há 4 dias, 17 horas e 27 minutos
Economista prevê queda do desemprego com aumento da vacinação

ECONOMIA | 01/05/2021 10:25 - Há 4 dias, 17 horas e 31 minutos
Gastos em condomínios aumentam mais de 20% em 1 ano de pandemia

ECONOMIA | 01/05/2021 10:12 - Há 4 dias, 17 horas e 44 minutos
Gasolina e diesel ficam mais baratos hoje nas refinarias

ECONOMIA | 01/05/2021 08:53 - Há 4 dias, 19 horas e 3 minutos
Trabalho em home office tende a continuar após fim da pandemia

ECONOMIA | 01/05/2021 08:47 - Há 4 dias, 19 horas e 9 minutos
Setur faz vistoria para verificar execução das obras do Prodetur

ECONOMIA | 01/05/2021 08:43 - Há 4 dias, 19 horas e 14 minutos
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 38 milhões

ECONOMIA | 30/04/2021 16:00 - Há 5 dias, 11 horas e 57 minutos
Confira funcionamento do comércio para dias do Trabalho e das Mães

ECONOMIA | 30/04/2021 14:04 - Há 5 dias, 13 horas e 52 minutos
Confiança da indústria cresce em 18 setores

ECONOMIA | 30/04/2021 13:00 - Há 5 dias, 14 horas e 57 minutos
Petrobras reduz preços do diesel e da gasolina nas refinarias

ECONOMIA | 30/04/2021 09:12 - Há 5 dias, 18 horas e 44 minutos
Inscritos no Bolsa Família com NIS final 0 recebem auxílio emergencial

ECONOMIA | 29/04/2021 18:15 - Há 6 dias, 9 horas e 42 minutos
Paulo Guedes diz que Fies foi um "desastre"

ECONOMIA | 29/04/2021 16:56 - Há 6 dias, 11 horas e 0 minutos
Saque do auxílio emergencial 2021 começa nesta sexta (30); confira as regras

ECONOMIA | 29/04/2021 16:15 - Há 6 dias, 11 horas e 41 minutos
Câmara aprova medida sobre renegociação de dívidas de empresas

ECONOMIA | 29/04/2021 11:00 - Há 6 dias, 16 horas e 57 minutos
Dia das Mães deve movimentar R$ 12,2 bilhões no Brasil este ano

ECONOMIA | 29/04/2021 10:49 - Há 6 dias, 17 horas e 7 minutos
Invepar e Odebrecht vendem participação na Concessionária Bahia Norte

ECONOMIA | 29/04/2021 10:27 - Há 6 dias, 17 horas e 30 minutos
Brasil cria 184 mil vagas com carteira assinada em março

ECONOMIA | 29/04/2021 10:17 - Há 6 dias, 17 horas e 40 minutos
Primeira parcela do 13º salário será paga no fim de maio

ECONOMIA | 29/04/2021 10:06 - Há 6 dias, 17 horas e 50 minutos
Confiança da indústria atinge menor nível desde agosto

ECONOMIA | 29/04/2021 09:00 - Há 6 dias, 18 horas e 57 minutos
Governo paga no fim de maio primeira parcela do 13º salário de aposentados

ECONOMIA | 28/04/2021 20:27 - Há 7 dias, 7 horas e 30 minutos
Lei aprovada na Alba deve resultar na geração de 36 mil empregos, aponta SDE

ECONOMIA | 28/04/2021 18:51 - Há 7 dias, 9 horas e 6 minutos
IBGE realiza provas para agentes de pesquisas e supervisores neste domingo

ECONOMIA | 28/04/2021 18:35 - Há 7 dias, 9 horas e 21 minutos
Bahia cria 9.820 postos de trabalho em março e lidera o Nordeste