Guedes defende tributo digital, mas depois diz que imposto está 'morto'

De acordo com o ministro, sem criação do 'digitax' não será possível fazer a desoneração da folha de 17 setores. Na semana passada, presidente Bolsonaro negou alta de impostos

Tribuna da Bahia, Salvador
29/10/2020 15:36 | Atualizado há 28 dias, 16 horas e 15 minutos

   
Foto: AFP

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a defender nesta quinta-feira (29), durante audiência pública no Congresso Nacional, a criação de um imposto sobre transações financeiras realizadas por meio digital, que ele chamou de "digitax".

Logo depois, ainda durante a audiência, Guedes disse que, para ele, "o imposto está morto", mas alertou que, sem os recursos que viriam com esse tributo, ele não pode aprovar a proposta em discussão no Congresso de derrubar um veto do presidente Jair Bolsonaro para estender, até o final de 2021, a desoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia.

Guedes também voltou a negar relação do possível novo imposto com a antiga Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF).

"As pessoas nem entenderam que tem um futuro digital chegando. O Brasil é a terceira ou quarta maior economia digital do mundo, nós vamos ter que ter um imposto digital mesmo", disse o ministro.

Minutos depois, o ministro disse:

“O imposto está morto, ele não existe. Então, como eu não tenho fonte, eu não posso aprovar, tendo dado um parecer que, enquanto não tiver o dinheiro, eu não posso aprovar a desoneração", disse. " Do meu ponto de vista, o imposto está morto. Não tem imposto nenhum, não tem desoneração", emendou.

A declaração de Guedes ocorre uma semana depois de o presidente Jair Bolsonaro afirmar, durante cerimônia de formação de diplomatas, que o Brasil não aumentou impostos durante a pandemia do novo coronavírus nem aumentará quando a pandemia acabar.

Bolsonaro fez a afirmação se dirigindo ao próprio ministro da Economia, que também estava presente ao evento.

No Congresso, parlamentares também têm dado sinais de que uma proposta do governo prevendo a criação de um novo imposto pode não ter apoio. No final de setembro, por exemplo, o presidente da comissão que debate a reforma tributária, senador Roberto Rocha (PSDB-MA) declarou que não considerava “oportuno” discutir um imposto nos moldes da antiga CPMF.

De acordo com o ministro, porém, esse novo imposto não representará aumento da carga tributária, já que a proposta é que ele substitua outros tributos existentes, como o que incide sobre a folha de pagamentos.

"Vamos diminuir os outros [tributos], vamos simplificar os outros. Vamos desonerar a mão de obra. Estamos indo para um futuro melhor", acrescentou.

Nota de R$ 200

Paulo Guedes disse, ainda, que a nota de R$ 200, estampada pelo lobo-guará, foi inventada para pagar o auxílio emergencial durante a pandemia do novo coronavírus. Ele disse ainda que, no futuro, ela pode ser aposentada.

"O lobo-guará, essa nota grande, foi inventada porque tínhamos um problema logístico de pagar as pessoas. As pessoas mais simples não tinham as ferramentas digitais, então tínhamos de dar dinheiro físico. E o dinheiro estava ficando entesourado, ficava travado em uma comunidade, não saía de lá. Precisamos criar uma nota mais alta, na contramão da direção do mundo", disse.

De acordo com o ministro, o "mundo está indo para notas mais baixas para acabar com o crime que se financia dessas notas altas, acabar com a corrupção".

"Esta vindo o PIX para transferências digitais. O futuro é de menos dinheiro na mão e notas mais simples. No futuro, vai acabar o lobo-guará, vai acabar a nota de R$ 200, de R$ 100, tudo isso vai diminuir brutalmente. Da mesma forma como tivemos o auxilio emergencial, tivemos o lobo-guará, tivemos de pedir ajuda para o lobo-guará para o dinheiro poder circular", disse.

Compartilhe       

 




Mais sobre

ECONOMIA | 25/01/2021 10:12 - Há 1 dia, 21 horas e 40 minutos
Presidente da Eletrobras renuncia ao cargo

ECONOMIA | 25/01/2021 10:05 - Há 1 dia, 21 horas e 46 minutos
Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses

ECONOMIA | 25/01/2021 09:58 - Há 1 dia, 21 horas e 54 minutos
Criticada por divisão de lucros, Vale diz se comprometer com atingidos

ECONOMIA | 24/01/2021 13:31 - Há 2 dias, 18 horas e 21 minutos
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos

ECONOMIA | 23/01/2021 15:15 - Há 3 dias, 16 horas e 36 minutos
Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas

ECONOMIA | 23/01/2021 11:00 - Há 3 dias, 20 horas e 52 minutos
Mega-Sena pode pagar R$22 milhões neste sábado (23)

ECONOMIA | 23/01/2021 09:30 - Há 3 dias, 22 horas e 22 minutos
Equipe econômica já estuda novo saque do FGTS para estimular economia

ECONOMIA | 23/01/2021 09:30 - Há 3 dias, 22 horas e 22 minutos
Reforma tributária deve sair este ano, diz Bolsonaro

ECONOMIA | 23/01/2021 06:30 - Há 4 dias, 1 hora e 22 minutos
Governo da Bahia mantém equilíbrio no pagamento da folha

ECONOMIA | 23/01/2021 06:30 - Há 4 dias, 1 hora e 22 minutos
Planos de saúdes disparam com cobrança retroativa

ECONOMIA | 23/01/2021 06:30 - Há 4 dias, 1 hora e 22 minutos
Consumo de energia na Bahia cai

ECONOMIA | 23/01/2021 00:41 - Há 4 dias, 7 horas e 10 minutos
Dólar fecha a R$ 5,47 e sobe mais de 3% na semana

ECONOMIA | 22/01/2021 17:50 - Há 4 dias, 14 horas e 2 minutos
Projeto prorroga até abril pagamento do auxílio emergencial, com valor de R$ 600

ECONOMIA | 22/01/2021 06:30 - Há 5 dias, 1 hora e 22 minutos
Estado vai divulgar tabela de pagamento dos servidores

ECONOMIA | 21/01/2021 17:22 - Há 5 dias, 14 horas e 30 minutos
Estado apoia divulgação de pesquisa sobre intenção de viagem dos brasileiros na pandemia

ECONOMIA | 21/01/2021 09:30 - Há 5 dias, 22 horas e 22 minutos
Tarifa de importação de pneus para transporte de cargas é zerada

ECONOMIA | 20/01/2021 23:29 - Há 6 dias, 8 horas e 23 minutos
Dólar cai para R$ 5,31 com otimismo por posse de Biden

ECONOMIA | 20/01/2021 23:25 - Há 6 dias, 8 horas e 27 minutos
Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões

ECONOMIA | 20/01/2021 22:45 - Há 6 dias, 9 horas e 6 minutos
Movimentação econômica de Salvador caiu 9,9% em novembro de 2020

ECONOMIA | 20/01/2021 22:40 - Há 6 dias, 9 horas e 12 minutos
Empresários e empreendedores se animam com início da vacinação

ECONOMIA | 20/01/2021 16:19 - Há 6 dias, 15 horas e 33 minutos
Vice-governador assina protocolo para ampliação da Nutrilara em LEM

ECONOMIA | 20/01/2021 15:34 - Há 6 dias, 16 horas e 18 minutos
INSS: prova de vida de aposentados é suspensa até fevereiro

ECONOMIA | 20/01/2021 09:30 - Há 6 dias, 22 horas e 22 minutos
Ford convoca trabalhadores para produção de peças

ECONOMIA | 20/01/2021 09:30 - Há 6 dias, 22 horas e 22 minutos
Caoa admite interesse e vira esperança para fábrica da Ford

ECONOMIA | 20/01/2021 06:00 - Há 7 dias, 1 hora e 52 minutos
Rui Costa busca atrair nova indústria automobilística e mais oportunidades para a Bahia

ECONOMIA | 19/01/2021 18:17 - Há 7 dias, 13 horas e 35 minutos
Agroindústria de pescado melhora renda de 400 famílias de marisqueiras e pescadores de Itaparica

ECONOMIA | 19/01/2021 12:48 - Há 7 dias, 19 horas e 3 minutos
Lide Bahia da início a agenda de eventos 2021

ECONOMIA | 19/01/2021 10:30 - Há 7 dias, 21 horas e 21 minutos
SDE e Serin tratam da Ford com vereadores de Camaçari

ECONOMIA | 19/01/2021 06:30 - Há 8 dias, 1 hora e 22 minutos
Deputados estaduais defendem intervenção na Ford da Bahia

ECONOMIA | 19/01/2021 06:30 - Há 8 dias, 1 hora e 22 minutos
Venda de material escolar sofre altas quedas em Salvador