PF investiga propinas de R$ 2,3 milhões de dirigentes do BMG a Cunha e Jucá

O ex-senador Romero Jucá e o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha são suspeitos de receber propina milionária

Tribuna da Bahia, Salvador
31/10/2020 06:30 | Atualizado há 29 dias, 15 horas e 29 minutos

   

Em documento encaminhado à Justiça cerca de três meses antes da nova fase da Operação Descarte, a 'Silício', deflagrada nesta quinta-feira, 29, o delegado federal Fabrício de Souza Costa, responsável pelos desdobramentos da investigação, detalhou a existência de um suposto esquema usado por dirigentes do banco BMG para repassar propinas a políticos do MDB. A suspeita é que os beneficiários tenham sido o ex-senador Romero Jucá e o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha.

No relatório de 86 páginas, a Polícia Federal afirma que a operação movimentou R$ 2,3 milhões e foi dividida em duas etapas supostamente articuladas por Milton de Oliveira Lyra Filho, apontado como operador financeiro do partido.

Na primeira, em 2015, uma das empresas do grupo BMG, a ME Promotora de Vendas LTDA, teria firmado acordos falsos para a compra superfaturada de equipamentos eletroeletrônicos sucateados. A segunda, em 2016, teria envolvido a emissão de notas frias para a prestação de serviços, também contratados pela ME Promotora de Vendas LTDA. Em comum, as duas operações teriam a finalidade: a geração de recursos em espécie a serem devolvidos aos dirigentes do Grupo BMG para o pagamento das propinas ao MDB.

"Foi possível confirmar a hipótese investigativa inicialmente apresentada, segundo a qual o operador financeiro Milton de Oliveira Lyra Filho teria procurado Marco Antônio Carbonari para estruturar uma operação que viabilizasse a entrega de propina dos dirigentes do Grupo BMG para políticos do então PMDB. A operação foi dividida em duas etapas e, no ano de 2015, foi utilizada na primeira etapa a empresa de Marco Carbonari (IMA DO BRASIL) para a venda superfaturada de equipamentos eletroeletrônicos à All Company, que por sua vez os revendeu à ME Promotora de Vendas LTDA, controlada pelo BMG. A segunda etapa, que envolveu a emissão de notas frias de prestação de serviços pela Clarins Brasil para a ME Promotora de Vendas LTD, foi implementada por meio de quatro transferências (TED), nos dias 20/04/2016, 27/04/2016 e 02/05/2016, para a CLARINS, no valor total de R$ 1.012.990,00. Em seguida o valor foi transferido para outras empresas e, ao final do processo de lavagem, uma parte correspondente a 80% do valor da operação teria sido entregue em dinheiro na sede do BMG", diz um trecho do relatório.

O documento foi encaminhado à juíza Michelle Camini Mickelberg, da 2ª Vara Criminal Federal de São Paulo, que decretou o bloqueio de R$ 191 milhões em bens do grupo investigado pela Polícia Federal. A decisão estende a pessoas físicas e jurídicas suspeitas de sonegação fiscal, corrupção, lavagem de dinheiro, fraude em licitação, evasão de divisas e gestão fraudulenta através de uma suposta rede de empresas de fachada. O grupo também foi alvo de buscas na manhã de ontem.

A tese dos investigadores é a de que diretores do Banco BMG tenham desviado recursos da instituição financeira através de contratos simulados realizados com empresas criadas para lavar dinheiro. O Ministério Público e a Polícia Federal chegaram ao banco depois que a ME Promtora de Vendas LTDA contratou os serviços do escritório Claro Advogados. Os donos da banca, Luiz Carlos da Fonseca Claro e Gabriel Silveira da Fonseca Claro, pai e filho, fecharam delação premiada com a Justiça e revelaram como usaram o escritório de advocacia e outras empresas controladas pela família para servir a companhias interessadas em lavar dinheiro. Além da delação, foram autorizadas quebra de sigilo fiscal e buscas na Operação Descarte e em seus desdobramentos (Chiaroscuro, Checkout, E o Vento Levou e Chorume) que, segundo a Polícia Federal, corroboram a hipótese criminal.

BMG

"O Banco Bmg informa que, na manhã desta quinta-feira (29), foi surpreendido com uma operação de busca e apreensão realizada pela Polícia Federal. A princípio, a investigação visa a apuração de suposta prática de crimes contra o sistema financeiro nacional e contra a ordem tributária por determinados dirigentes do Banco, ocorridos entre 2014 e 2016. A instituição também tomou conhecimento que a Vara Criminal determinou a suspensão do exercício de qualquer atividade de Márcio Alaor de Araújo e Marcus Vinícius Fernandes Vieira no Banco e no grupo Bmg. O Banco esclarece, ainda, desconhecer qualquer prática dos ilícitos investigados e está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações e prestar os esclarecimentos necessários. O Banco reforça seu compromisso em atuar sempre de forma transparente, dentro das melhores práticas de governança corporativa e em cumprimento de todas as legislações aplicáveis."

DEFESAS DE EDUARDO CUNHA E ROMERO JUCÁ

Até a publicação desta matéria, a reportagem entrou em contato com as defesas de Eduardo Cunha e Romero Jucá e ainda não recebeu respostas. O espaço permanece aberto a manifestações.



Rayssa Motta e Fausto Macedo -Estadão Conteúdo

Compartilhe       

 




Mais sobre

POLÍTICA | 29/11/2020 06:30 - Há 15 horas e 29 minutos
Kassio pede destaque e adia julgamento das 'rachadinhas' de Silas Câmara

POLÍTICA | 29/11/2020 06:30 - Há 15 horas e 29 minutos
Barroso pede em pronunciamento que eleitores não entreguem o destino aos outros

POLÍTICA | 28/11/2020 13:14 - Há 1 dia, 8 horas e 44 minutos
Moro liga ‘gabinete do ódio’ a Carlos Bolsonaro e acusa grupo de atacá-lo

POLÍTICA | 28/11/2020 06:40 - Há 1 dia, 15 horas e 19 minutos
Mais de 630 mil baianos voltam às urnas para definir novos prefeitos amanhã

POLÍTICA | 28/11/2020 06:40 - Há 1 dia, 15 horas e 19 minutos
Zé Neto forma frente ampla com nomes do PSL e DEM

POLÍTICA | 27/11/2020 13:47 - Há 2 dias, 8 horas e 12 minutos
Maia defende que Congresso discuta soluções para combater racismo no Brasil

POLÍTICA | 27/11/2020 13:23 - Há 2 dias, 8 horas e 36 minutos
Nilo avalia que pandemia e pulverização de candidaturas prejudicaram Denice

POLÍTICA | 27/11/2020 13:22 - Há 2 dias, 8 horas e 37 minutos
Candidatos a prefeito de Feira e Conquista se enfrentam em debate

POLÍTICA | 27/11/2020 06:30 - Há 2 dias, 15 horas e 29 minutos
Bolsonaro desiste de depor sobre interferência na PF

POLÍTICA | 26/11/2020 15:45 - Há 3 dias, 6 horas e 14 minutos
Estratégias chinesas representam oportunidade para ampliar relações, diz Mourão

POLÍTICA | 26/11/2020 11:31 - Há 3 dias, 10 horas e 28 minutos
Deputados querem tirar Comissão de Relações Exteriores das mãos de Eduardo Bolsonaro

POLÍTICA | 26/11/2020 11:26 - Há 3 dias, 10 horas e 33 minutos
Zé Neto ataca adversário e diz que, se eleito, vai “harmonizar” Feira

POLÍTICA | 26/11/2020 06:30 - Há 3 dias, 15 horas e 29 minutos
ACM Neto evita comentar fala de Targino após rompimento

POLÍTICA | 26/11/2020 06:30 - Há 3 dias, 15 horas e 29 minutos
Bruno Reis deverá administrar orçamento menor em 2021

POLÍTICA | 26/11/2020 06:30 - Há 3 dias, 15 horas e 29 minutos
Tiago Correia e Carlos Geilson tomam posse na AL-BA

POLÍTICA | 26/11/2020 06:30 - Há 3 dias, 15 horas e 29 minutos
Aras sugere unidades de combate à corrupção nas capitais

POLÍTICA | 26/11/2020 06:30 - Há 3 dias, 15 horas e 29 minutos
Olavo de Carvalho pede renúncia de Bolsonaro por não defender 'fiéis amigos'

POLÍTICA | 25/11/2020 11:59 - Há 4 dias, 10 horas e 0 minutos
Jaques Wagner rebate fala de ACM Neto defende Lula

POLÍTICA | 25/11/2020 11:54 - Há 4 dias, 10 horas e 5 minutos
Governador intensifica participação em campanha de aliado

POLÍTICA | 25/11/2020 11:53 - Há 4 dias, 10 horas e 6 minutos
UPB: Eures Ribeiro define candidato à sucessão em até 15 dias

POLÍTICA | 25/11/2020 06:30 - Há 4 dias, 15 horas e 29 minutos
Feira: Colbert alfineta articulação de Rui e diz confiar na vitória

POLÍTICA | 25/11/2020 06:30 - Há 4 dias, 15 horas e 29 minutos
Datafolha SP: Boulos alcança 40% e reduz vantagem de Covas, que tem 48%

POLÍTICA | 25/11/2020 06:30 - Há 4 dias, 15 horas e 29 minutos
Toffoli ‘trava’ abertura de ação penal contra líder do Centrão

POLÍTICA | 24/11/2020 16:22 - Há 5 dias, 5 horas e 37 minutos
Comissão quer ouvir Pazuello sobre testes de Covid retidos

POLÍTICA | 24/11/2020 12:04 - Há 5 dias, 9 horas e 55 minutos
Targino rompe com ACM Neto e diz que prefeito “não é correto com ninguém”

POLÍTICA | 24/11/2020 12:02 - Há 5 dias, 9 horas e 57 minutos
Bruno Reis vai propor reforma administrativa em Salvador para 2021

POLÍTICA | 24/11/2020 11:58 - Há 5 dias, 10 horas e 1 minuto
ACM Neto nega acordo para eleger Arthur Lira na Câmara Federal

POLÍTICA | 24/11/2020 06:30 - Há 5 dias, 15 horas e 29 minutos
Secretário confirma que eleição elevou casos de Covid-19

POLÍTICA | 24/11/2020 06:30 - Há 5 dias, 15 horas e 29 minutos
Bolsonaro diz que alta nos preços dos alimentos é consequência do "fique em casa"

POLÍTICA | 24/11/2020 06:30 - Há 5 dias, 15 horas e 29 minutos
Raio Laser - 24/11 - Frente