Subsídios podem bancar programa de renda, diz Bezerra

O governo ainda tenta emplacar o Renda Brasil, aumentando os valores do Bolsa Família em 2021

Tribuna da Bahia, Salvador
19/11/2020 06:30 | Atualizado há 4 dias, 15 horas e 22 minutos

   
Foto: Reprodução

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra, (MDB-PE), disse que cortes em incentivos e subsídios são os "candidatos naturais" para bancar o programa de renda pretendido pelo presidente Jair Bolsonaro. O governo ainda tenta emplacar o Renda Brasil, aumentando os valores do Bolsa Família em 2021. A sugestão, porém esbarra no teto de gastos, a regra que impede que as despesas cresçam em ritmo superior à inflação, e no tempo necessário para aprovação de medidas no Congresso.

No projeto orçamentário do próximo ano, o governo prevê R$ 307,9 bilhões em gastos tributários. São isenções, anistias, incentivos e outros benefícios que geram renúncia de arrecadação Politicamente, são benefícios delicados para serem reduzidos, como é o caso da desoneração na cesta básica e dos incentivos para micro e pequenas empresas que optam pelo Simples Nacional. As medidas atendem em maior parte aos setores de comércio e serviços, saúde, indústria e agricultura.

De acordo com o senador, é possível reduzir de 12% a 15% desse montante e abrir espaço de R$ 40 bilhões no Orçamento para o governo turbinar o Bolsa Família, calculado atualmente em R$ 34,9 bilhões. "São os candidatos naturais a abrir espaço fiscal para viabilizar o programa de proteção social, que vai ser quase uma necessidade imperativa da sociedade brasileira. Nós vamos ter de cortar incentivos e subsídios", afirmou ao Estadão/Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

O presidente Jair Bolsonaro deve ter uma reunião com líderes do governo no Congresso nesta quarta-feira, 19, para tratar da agenda. Após as eleições municipais, a base do governo deve colocar o programa social como prioridade no Legislativo. "Precisamos ter um programa que suceda o Bolsa Família, que precisaria ter um público maior e, se possível, um valor médio de benefício maior", disse Bezerra. Hoje, o Bolsa Família atende a 14,7 milhões de famílias e o benefício médio é de R$ 191.

"Agora, isso só será possível se a gente conseguir oferecer uma proposta que seja neutra do ponto de vista fiscal. Não pode ampliar despesas públicas. Tem de vir no lugar de despesas que possamos cortar", disse Bezerra.

Entrave

A proposta de cortar incentivos e subsídios para bancar o programa Renda Brasil esbarra no teto de gastos e também no tempo que a medida demoraria para ser implementada, afirmou o diretor da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado Josué Pellegrini.

O corte causaria um efeito de arrecadação, mas, mesmo assim, não diminuiria as despesas sob o teto de gastos. Nesse caso, o governo só conseguiria bancar o novo programa se também houvesse cortes em outras despesas ou se o novo programa ficasse de fora da regra. O ministro da Economia, Paulo Guedes, porém, vem prometendo rigor com o teto.

"Você só estaria aumentando a receita. Ajuda sim, no superávit. Do ponto de vista da expectativa dos agentes econômicos, não importa se o efeito é para a receita, melhora o primário e o impacto sobre a dívida. Mas, para o governo conseguir cumprir o teto, não resolve, afeta só o lado da receita e não entra no gasto", afirmou Pellegrini.

Fernando Bezerra apontou que todos os incentivos poderiam ser alvos de cortes, com exceção daqueles previstos na Constituição, como é o caso da Zona Franca de Manaus. A medida, porém, provoca ainda outro entrave técnico: a necessidade de alterar leis que estabeleceram os benefícios e o tempo que uma mudança levaria para entrar em vigor. Em alguns casos, a Constituição exige 90 dias após a aprovação da nova lei. Em outros, estabelece no mínimo um ano.

Além disso, aponta Pellegrini, haveria a necessidade de rever a estimativa de receita para 2021, já fixada nos projetos orçamentários enviados ao Congresso. "Teria de ser uma coisa planejada, fazer as mudanças em tempo hábil para aprovar o Orçamento com essa inclusão de retirada do benefício e considerar os prazos que existem para vigorar", observou o especialista.


Daniel Weterman e Gustavo Porto - Estadão Conteúdo

Compartilhe       

 




Mais sobre

POLÍTICA | 23/11/2020 06:30 - Há 15 horas e 22 minutos
Raio Laser - 23/11 - Investigação a opositores

POLÍTICA | 22/11/2020 06:30 - Há 1 dia, 15 horas e 22 minutos
MP do Rio descobriu que Flávio Bolsonaro omitiu da RF R$ 90 mil em ações

POLÍTICA | 22/11/2020 06:30 - Há 1 dia, 15 horas e 22 minutos
Feira: Rui Costa anuncia novos aliados para campanha de Zé Neto

POLÍTICA | 22/11/2020 06:30 - Há 1 dia, 15 horas e 22 minutos
Bolsonaro diz que tensões raciais são importadas e ‘alheias’ à história do país

POLÍTICA | 21/11/2020 12:02 - Há 2 dias, 9 horas e 50 minutos
ACM Neto e Bruno Reis vão à Conquista para frear Zé Raimundo

POLÍTICA | 21/11/2020 06:30 - Há 2 dias, 15 horas e 22 minutos
Wagner se diferencia de Rui e admite que errou ao defender pulverização

POLÍTICA | 21/11/2020 06:30 - Há 2 dias, 15 horas e 22 minutos
Senador diz que ACM Neto “saiu forte” das eleições municipais

POLÍTICA | 21/11/2020 06:30 - Há 2 dias, 15 horas e 22 minutos
Boulos lança frente com apoio de Lula e Ciro contra Covas

POLÍTICA | 21/11/2020 06:30 - Há 2 dias, 15 horas e 22 minutos
Mourão: assassinato no supermercado não foi racismo, porque não existe racismo no Brasil

POLÍTICA | 20/11/2020 12:03 - Há 3 dias, 9 horas e 48 minutos
Feira de Santana: Arimateia e Geilson apoiam Colbert; Dayane fica neutra

POLÍTICA | 20/11/2020 12:01 - Há 3 dias, 9 horas e 50 minutos
Briga entre Zé Raimundo e Gusmão recomeça acirrada

POLÍTICA | 20/11/2020 12:00 - Há 3 dias, 9 horas e 51 minutos
PSD endurece discurso contra o governo de Rui Costa após eleições

POLÍTICA | 20/11/2020 06:30 - Há 3 dias, 15 horas e 22 minutos
Secretaria de Saúde defende apuração após operação da Polícia Federal

POLÍTICA | 20/11/2020 06:30 - Há 3 dias, 15 horas e 22 minutos
Ibama na Bahia cancela multa e libera obras de resort

POLÍTICA | 19/11/2020 16:52 - Há 4 dias, 5 horas e 0 minutos
Guedes recebeu Alcolumbre para discutir 'calamidade' no Amapá

POLÍTICA | 19/11/2020 16:47 - Há 4 dias, 5 horas e 4 minutos
Aras diz que iniciou apuração da reunião de Heleno e Ramagem com defesa de Flávio

POLÍTICA | 19/11/2020 12:04 - Há 4 dias, 9 horas e 47 minutos
Aliados defendem que Bolsonaro se filie a partido do Centrão

POLÍTICA | 19/11/2020 06:30 - Há 4 dias, 15 horas e 22 minutos
Raio Laser - 19/11 - 2º turno

POLÍTICA | 18/11/2020 15:32 - Há 5 dias, 6 horas e 19 minutos
ACM Neto não descarta apoio a Bolsonaro em 2022

POLÍTICA | 18/11/2020 12:19 - Há 5 dias, 9 horas e 32 minutos
‘Educação e transporte público são desafios para Bruno Reis’

POLÍTICA | 18/11/2020 12:18 - Há 5 dias, 9 horas e 33 minutos
Menor, oposição vai se reunir para decidir futuro na CMS

POLÍTICA | 18/11/2020 12:17 - Há 5 dias, 9 horas e 34 minutos
Geraldo tem votos para ser reeleito na presidência da Câmara de Salvador

POLÍTICA | 18/11/2020 12:14 - Há 5 dias, 9 horas e 37 minutos
Fux critica judicialização da política e diz que Congresso precisa ‘resolver os próprios problemas’

POLÍTICA | 18/11/2020 12:09 - Há 5 dias, 9 horas e 42 minutos
Raio Laser - 18/11 - Câmara

POLÍTICA | 18/11/2020 06:30 - Há 5 dias, 15 horas e 22 minutos
STJ suspende análise de recursos de Flávio Bolsonaro contra investigação

POLÍTICA | 17/11/2020 11:02 - Há 6 dias, 10 horas e 49 minutos
“Denice é quadro novo que fortalece a política de Salvador”

POLÍTICA | 17/11/2020 06:30 - Há 6 dias, 15 horas e 22 minutos
Vereador mais votado, Luiz Carlos comemora resultado

POLÍTICA | 17/11/2020 06:30 - Há 6 dias, 15 horas e 22 minutos
Com oposição menor, Câmara de Salvador perde veteranos

POLÍTICA | 17/11/2020 06:30 - Há 6 dias, 15 horas e 22 minutos
O que está por trás do avanço do DEM no comando de capitais do país

POLÍTICA | 17/11/2020 06:30 - Há 6 dias, 15 horas e 22 minutos
Bolsonaro coloca em xeque apuração das eleições