Vigilância em posse indica ameaça que deve permear mandato de Biden

O mesmo cenário de onde o democrata discursou calmamente anteontem foi palco da inimaginável invasão do Capitólio por extremistas apoiadores de Donald Trump

Tribuna da Bahia, Salvador
22/01/2021 06:30 | Atualizado há 4 dias, 12 horas e 49 minutos

   
Foto: Patrick Semansky / Pool via Reuters

A posse de Joe Biden foi silenciosa, com o Congresso americano iluminado por céu azul e protegido por 25 mil homens da Guarda Nacional. Mas o democrata sabe que a paz foi temporária e a expansão da intolerância e da violência política em um país polarizado serão desafios para sua gestão. Em uma cidade sitiada, com mais soldados do que civis nos entornos da posse, Biden prometeu derrotar “extremistas políticos, o supremacismo branco e o terrorismo doméstico”.

O ataque ao Capitólio tornou urgente uma pauta que já era cara a Biden: a preocupação com os extremistas. O democrata decidiu concorrer à Casa Branca em 2017, quando viu neonazistas, supremacistas brancos e integrantes do Ku Klux Klan nas ruas de Charlottesville. “Era o ódio em marcha, a céu aberto. Na América”, disse, em outubro.

O mesmo cenário de onde o democrata discursou calmamente ontem foi palco da inimaginável invasão do Capitólio por extremistas apoiadores de Donald Trump que tentavam bloquear a sessão de confirmação da eleição do democrata duas semanas atrás. “Aqui estamos, alguns dias depois de uma turba amotinada pensar que poderia usar a violência para silenciar a vontade do povo, interromper o trabalho de nossa democracia e expulsar-nos deste solo sagrado. Isso não acontece. Nunca vai acontecer. Não hoje. Não amanhã. Jamais”, disse Biden na posse.

Ao menos desde 2019, especialistas têm alertado para a tendência crescente de grupos de extrema direita nacionalista pelo país. Durante seu mandato, Trump rejeitou condenar atos de supremacismo branco e inflamou extremistas com sua retórica polarizadora.

Sob temor, Washington viveu uma posse sem precedentes, com o National Mall vazio e a determinação de autoridades para que as pessoas ficassem em suas casas. Barreiras físicas como caminhões, blocos de concreto e cercas isolaram toda a região dos monumentos.

O esquema de segurança da posse é considerado inédito, mas comparado por especialistas à reação do governo americano após o ataque de 11 de setembro de 2001. A diferença é que, naquela ocasião, o inimigo era externo. Agora, a ameaça vem de dentro.

Americanos que tentavam se aproximar do Congresso para ver Joe Biden e Kamala Harris empossados, mal conseguiam enxergar a cúpula do prédio do Capitólio. A restrição de passagem foi estabelecida a quarteirões de distância do evento e em toda a região que abarca o centro da cidade, onde estão Casa Branca, Congresso, Suprema Corte e monumentos.

O corretor de imóveis Albert Elliott foi um dos eleitores de Biden que se frustrou ao não assistir a posse. A cerca de três quarteirões do Capitólio, o mais próximo que a barreira policial permitiu, ele circulava com uma bandeira com o emblema do movimento Black Lives Matter mesmo quando alguns flocos de neve dispersaram parte dos presentes.

Decisões do presidente dos EUA sobre economia, política externa, imigração, meio ambiente e mesmo comportamento afetam a sua vida. Banco de análises traz projeções de quem mais entende sobre os efeitos do futuro governo Biden

“Não importa quão difícil foram as eleições, vamos transferir o poder pacificamente. Estou aqui para ver isso. Estou aqui, pois tenho o direito de estar aqui. É histórico ver a primeira mulher negra a chegar à Casa Branca”, afirmou Elliot, morador de Washington. “Estou frustrado. Não há razão para ter 20 mil soldados na capital. É culpa do presidente Trump e das pessoas que acreditam em suas mentiras, sua figura radical”, acrescentou.

Fonte: Estadão Conteúdo


Compartilhe       

 




Mais sobre

MUNDO | 15/02/2021 17:49 - Há 11 dias, 1 hora e 29 minutos
Nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala torna-se primeira mulher a liderar OMC

MUNDO | 14/02/2021 21:48 - Há 11 dias, 21 horas e 30 minutos
Guiné declara novo surto de ebola

MUNDO | 14/02/2021 19:41 - Há 11 dias, 23 horas e 38 minutos
Ex-presidente da Argentina Carlos Menem morre aos 90 anos

MUNDO | 13/02/2021 20:01 - Há 12 dias, 23 horas e 17 minutos
Nos EUA, senadores decidem absolver Trump em processo de impeachment

MUNDO | 13/02/2021 06:00 - Há 13 dias, 13 horas e 19 minutos
Biden não terá política externa 'agressiva' e Brasil é aliado, diz porta-voz do Departamento de Estado dos EUA

MUNDO | 09/02/2021 22:42 - Há 16 dias, 20 horas e 36 minutos
Senado decide que impeachment de Trump é constitucional; julgamento prossegue

MUNDO | 02/02/2021 14:53 - Há 24 dias, 4 horas e 25 minutos
Reino Unido detecta nova mutação 'preocupante' da cepa britânica do coronavírus

MUNDO | 29/01/2021 06:00 - Há 28 dias, 13 horas e 19 minutos
Covid derruba atividade econômica e EUA têm pior desempenho em 74 anos

MUNDO | 29/01/2021 06:00 - Há 28 dias, 13 horas e 19 minutos
Mourão vira interlocutor ambiental em Davos

MUNDO | 28/01/2021 06:00 - Há 29 dias, 13 horas e 19 minutos
Republicanos do Senado dos EUA se unem para tentar evitar julgamento de Trump e fracassam

MUNDO | 27/01/2021 19:05 - Há 30 dias, 13 minutos
Portugal suspende voos entre o país e o Brasil

MUNDO | 27/01/2021 16:59 - Há 30 dias, 2 horas e 20 minutos
Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus em oito países

MUNDO | 26/01/2021 06:00 - Há 13 horas e 19 minutos
Israel registra queda de 60% nas internações por Covid-19 entre maiores de 60 anos após primeira dose da Pfizer

MUNDO | 26/01/2021 06:00 - Há 13 horas e 19 minutos
Casa Branca confirma que voltará a impor restrições a viagens do Brasil e outros países

MUNDO | 25/01/2021 10:21 - Há 1 dia, 8 horas e 57 minutos
Austrália aprova vacina da Pfizer contra Covid e começará a vacinar em fevereiro

MUNDO | 25/01/2021 06:30 - Há 1 dia, 12 horas e 49 minutos
Biden deve cobrar do Brasil medidas sobre meio ambiente

MUNDO | 23/01/2021 15:31 - Há 3 dias, 3 horas e 47 minutos
Espanha: chefe do Estado-Maior renuncia após furar fila de vacinação, diz jornal

MUNDO | 22/01/2021 06:30 - Há 4 dias, 12 horas e 49 minutos
Brasil busca relações com democrata

MUNDO | 22/01/2021 06:30 - Há 4 dias, 12 horas e 49 minutos
Muitos esperam pela volta da normalidade após 4 anos de onipresença de Trump

MUNDO | 22/01/2021 06:30 - Há 4 dias, 12 horas e 49 minutos
Biden planeja ordens executivas para combater a pandemia, revertendo políticas de Trump

MUNDO | 21/01/2021 14:48 - Há 5 dias, 4 horas e 31 minutos
Cinco morrem em incêndio em prédio do Instituto Serum, fabricante de vacinas contra Covid-19 na Índia

MUNDO | 21/01/2021 10:38 - Há 5 dias, 8 horas e 40 minutos
Trump deixou carta 'muito generosa' na Casa Branca, disse Biden

MUNDO | 21/01/2021 10:32 - Há 5 dias, 8 horas e 46 minutos
Incêndio atinge sede da maior fabricante de vacinas do mundo na Índia

MUNDO | 21/01/2021 06:30 - Há 5 dias, 12 horas e 49 minutos
'Voltaremos de alguma forma', diz Donald Trump, após deixar a Casa Branca

MUNDO | 21/01/2021 06:30 - Há 5 dias, 12 horas e 49 minutos
Biden anuncia que EUA retornam ao Acordo de Paris e à OMS, revertendo medidas de Trump

MUNDO | 21/01/2021 06:30 - Há 5 dias, 12 horas e 49 minutos
Biden pede união em discurso de posse: 'A democracia prevaleceu'

MUNDO | 20/01/2021 16:00 - Há 6 dias, 3 horas e 18 minutos
De Truman a Trump: Como a economia se comporta com cada partido no poder

MUNDO | 20/01/2021 10:10 - Há 6 dias, 9 horas e 8 minutos
Joe Biden toma posse como presidente dos EUA em evento virtual

MUNDO | 20/01/2021 06:00 - Há 6 dias, 13 horas e 19 minutos
Trump diz 'orar' para a próxima administração, sem mencionar Biden

MUNDO | 20/01/2021 06:00 - Há 6 dias, 13 horas e 19 minutos
O que muda para o Brasil sem Trump na Casa Branca?