Governo envia projeto que altera cobrança de ICMS sobre combustíveis

Medida busca estabelecer alíquotas uniformes

Tribuna da Bahia, Salvador
12/02/2021 21:22 | Atualizado há 20 dias, 4 horas e 22 minutos

   
Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro encaminhou ao Congresso Nacional um projeto de lei complementar para definir os combustíveis e lubrificantes sujeitos à incidência única do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Na prática, a medida, se aprovada como quer o governo federal, altera a forma de cobrança do ICMS, que é um imposto estadual. 

Pela proposta, caberá ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz)definir as alíquotas no ICMS sobre combustíveis, que deverão "ser uniformes em todo o território nacional e poderão ser diferenciadas por produto". O Confaz é formado por integrantes do Ministério da Economia, incluindo o titular da pasta, Paulo Guedes, e todos os secretários estaduais de Fazenda. Essas alíquotas também serão, segundo dispõe o texto, "específicas, por unidade de medida adotada", que pode ser quilo ou litro, por exemplo.  A proposta, na prática, torna o ICMS invariável por causa do preço do combustível ou de mudanças do câmbio. Segundo o projeto, qualquer aumento no valor do tributo só entrará em vigor 90 dias depois de anunciado, de modo a dar mais previsibilidade ao setor.

O projeto determina que cada estado e o Distrito Federal aprovem uma lei estadual instituindo a nova forma de cobrança 90 dias após a aprovação da lei federal complementar. Atualmente, o ICMS sobre combustíveis, cujas alíquotas variam de 12% a 35%, dependendo do estado, é cobrado a partir do preço médio do litro do combustível vendido na bomba e, por isso, seu custo costuma ser repassado ao consumidor final no preço do produto. De acordo com a Petrobras, 14% do preço final do diesel, que é o combustível usado no transporte de carga, representa o custo do ICMS. Outros 9% desse custo são formados por impostos federais, como a PIS/Cofins e a Cide (atualmente zerada no caso do diesel). Já a fatia que fica com a Petrobras representa cerca de 47% do preço final do diesel. Na composição da gasolina, cerca de 29% é a realização da Petrobras e os impostos (federais e estaduais) representam cerca de 44% do preço final do litro.  

Se a proposta for aprovada na versão apresentada pelo governo, os contribuintes do ICMS sobre combustíveis serão os produtores ou importadores de combustíveis e lubrificantes. De acordo com o projeto de lei, a base do cálculo do ICMS sobre combustíveis será a unidade de medida adotada na operação multiplicada pela quantidade de unidades objeto da operação.  

Além do diesel e da gasolina, o projeto de lei complementar do Executivo federal prevê que a nova forma de cálculo do ICMS deverá ser aplicada também para o álcool combustível; querosenes combustíveis; óleos combustíveis; coques, de petróleo e de minerais betuminosos; resíduos de óleos, de petróleo e de minerais betuminosos; óleos lubrificantes, de petróleo ou de minerais betuminosos; hidrocarbonetos líquidos derivados de petróleo e hidrocarbonetos líquidos derivados de gás natural que possam ser utilizados em mistura mecânica para a produção de gasolinas ou de diesel, de acordo com as normas estabelecidas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP); biodiesel; gás natural combustível; e gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha.

Ontem (11), durante sua live semanal nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro confirmou  que entregaria o projeto e criticou a forma de cálculo do ICMS que, segundo ele, gera uma distorção na cobrança.  "O que se faz de 15 em 15 dias? Pega-se o valor médio do combustível e daí os governadores aplicam o percentual em cima daquilo. O ICMS não só incide em cima do preço do combustível na refinaria, mas incide também em cima do PIS/Cofins [imposto federal], incide em caso de existência de Cide [imposto federal], incide em cima da margem de lucro dos postos, incide em cima do custo da distribuição e incide em cima do próprio ICMS. Isso é uma loucura". 

Alta nos preços

Desde o início do ano, a Petrobras já reajustou o preço dos combustíveis cinco vezes. No caso do diesel, foram dois aumentos que acumulam alta de 11% do valor do produto nas refinarias. No caso da gasolina, a alta desde o início do ano acumula mais de 20%, com três aumentos consecutivos.

A Petrobras, estatal dominante no mercado de combustíveis, segue uma política de variação do preço dos combustíveis que acompanha a valorização do dólar e a cotação do petróleo no mercado internacional. Os reajustes são realizados de forma periódica nas refinarias.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe       

 




Mais sobre

ECONOMIA | 03/03/2021 10:12 - Há 1 dia, 15 horas e 32 minutos
Bittar retira pontos polêmicos da PEC Emergencial

ECONOMIA | 03/03/2021 06:00 - Há 1 dia, 19 horas e 44 minutos
BC vende US$ 2 bilhões de reservas para segurar valor do dólar

ECONOMIA | 02/03/2021 21:19 - Há 2 dias, 4 horas e 25 minutos
Antes de divulgação do IBGE, Guedes diz que queda do PIB deve ser menor que 4%

ECONOMIA | 02/03/2021 19:21 - Há 2 dias, 6 horas e 23 minutos
Entidades empresariais lançam manifesto a favor das medidas de restrição adotadas pela prefeitura

ECONOMIA | 02/03/2021 14:47 - Há 2 dias, 10 horas e 57 minutos
PEC que autoriza auxílio pode deixar ajuste de gastos para 2025

ECONOMIA | 02/03/2021 13:01 - Há 2 dias, 12 horas e 43 minutos
IPC-S sobe em seis capitais brasileiras em fevereiro, diz FGV

ECONOMIA | 02/03/2021 12:00 - Há 2 dias, 13 horas e 44 minutos
Preços de produtos industrializados sobem 3,36% em janeiro

ECONOMIA | 02/03/2021 11:03 - Há 2 dias, 14 horas e 40 minutos
Mistura entre contas de pessoas física e jurídica pode resultar em falência de empresas

ECONOMIA | 02/03/2021 06:00 - Há 2 dias, 19 horas e 44 minutos
Imposto de Renda 2021: O que a Receita já sabe sobre você antes mesmo de receber a declaração

ECONOMIA | 01/03/2021 20:59 - Há 3 dias, 4 horas e 45 minutos
Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás

ECONOMIA | 01/03/2021 20:48 - Há 3 dias, 4 horas e 56 minutos
BC iguala limite do Pix ao das transferências eletrônicas

ECONOMIA | 01/03/2021 20:44 - Há 3 dias, 4 horas e 59 minutos
Receita recebe 438 mil declarações do IR no primeiro dia de entrega

ECONOMIA | 01/03/2021 18:59 - Há 3 dias, 6 horas e 45 minutos
Startup de moradia por assinatura inaugura empreendimento na Bahia

ECONOMIA | 01/03/2021 15:14 - Há 3 dias, 10 horas e 30 minutos
Renault anuncia investimento de R$ 1,1 bi para dois anos e segue negociando novo aporte com a matriz

ECONOMIA | 01/03/2021 14:32 - Há 3 dias, 11 horas e 12 minutos
Governo reabre programa de renegociação de dívidas com a União

ECONOMIA | 01/03/2021 10:53 - Há 3 dias, 14 horas e 50 minutos
Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje

ECONOMIA | 01/03/2021 10:00 - Há 3 dias, 15 horas e 44 minutos
Bolsa Família será turbinado após as quatros parcelas do auxílio

ECONOMIA | 01/03/2021 06:00 - Há 3 dias, 19 horas e 44 minutos
Concorrência disputa rede de Concessionárias com a Ford

ECONOMIA | 28/02/2021 10:43 - Há 4 dias, 15 horas e 0 minutos
Mega-Sena sai para um apostador que ganha 49 milhões

ECONOMIA | 27/02/2021 12:00 - Há 5 dias, 13 horas e 44 minutos
Pesquisa aponta Bahia como 18º do país em renda domiciliar per capita

ECONOMIA | 27/02/2021 10:00 - Há 5 dias, 15 horas e 44 minutos
Presidente da Fieb afirma que hub de Hidrogênio Verde fortalece o Nordeste

ECONOMIA | 27/02/2021 10:00 - Há 5 dias, 15 horas e 44 minutos
Declaração do Imposto de Renda pode ser enviada a partir de 1º de março

ECONOMIA | 26/02/2021 17:02 - Há 6 dias, 8 horas e 42 minutos
IR: acaba hoje prazo para empresas entregarem informes de rendimentos

ECONOMIA | 26/02/2021 16:59 - Há 6 dias, 8 horas e 44 minutos
André Brandão sinaliza saída do Banco do Brasil após crise com Bolsonaro

ECONOMIA | 26/02/2021 14:44 - Há 6 dias, 10 horas e 59 minutos
BNB investe R$ 40,07 bi na região em 2020 e alcança lucro líquido recorrente de R$ 1,44 bilhão

ECONOMIA | 26/02/2021 10:00 - Há 6 dias, 15 horas e 44 minutos
Auxílio emergencial: Bolsonaro promete 4 parcelas de R$ 250 a partir de março

ECONOMIA | 26/02/2021 10:00 - Há 6 dias, 15 horas e 44 minutos
Contrato com Escola Pública de Trânsito fez TCE/BA desaprovar contas do Detran em 2020

ECONOMIA | 26/02/2021 10:00 - Há 6 dias, 15 horas e 44 minutos
Fecomércio-BA projeta melhora do setor para segundo semestre de 2021

ECONOMIA | 26/02/2021 06:00 - Há 6 dias, 19 horas e 44 minutos
'Ninguém fica sentado em casa aumentando preços, é um trabalho de equipe', diz Castello Branco

ECONOMIA | 25/02/2021 19:19 - Há 7 dias, 6 horas e 24 minutos
Petrobras fechou 2020 com lucro líquido de R$7,1 bilhões