PEC que autoriza auxílio pode deixar ajuste de gastos para 2025

A votação está prevista para amanhã mas ainda não há acordo entre líderes partidários sobre o texto.

Tribuna da Bahia, Salvador
02/03/2021 14:47 | Atualizado há 18 dias, 8 horas e 6 minutos

   
Foto: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil

Por Daniel Weterman

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) emergencial que tramita no Senado, formulada para destravar o auxílio emergencial, pode fazer com o que o governo federal acione gatilhos para contenção de despesas apenas em 2025 e abre brecha para gastos fora do teto ainda neste ano, na avaliação de diferentes técnicos e consultores do Congresso Nacional.

A votação está prevista para amanhã mas ainda não há acordo entre líderes partidários sobre o texto. O teto de gastos é a regra constitucional que impede que as despesas cresçam em ritmo superior à inflação.

A aprovação da PEC, que enfrenta resistência no Congresso, é uma condição da equipe econômica para lançar uma nova rodada do auxílio. A ideia, já defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, é que sejam pagas quatro parcelas de R$ 250.

O parecer do senador Márcio Bittar (MDB-AC) prevê o acionamento automático de gatilhos, como congelamento de salários de servidores públicos e proibição de novos subsídios, quando a despesa obrigatória superar 95% do total na aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA). De acordo com projeções da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado, isso só vai ocorrer em 2025, o que coloca a contenção de despesas em um cenário ainda longínquo para Bolsonaro.

Os gatilhos são apontados pelo Ministério da Economia como condição para aprovar uma nova rodada do auxílio emergencial. O tempo que o Executivo levaria para acioná-los, no entanto, compromete a argumentação, pois o governo estaria liberado a conceder reajustes no ano que vem.

"O fundamental é ter claro que o porcentual de 95%, muito provavelmente, de acordo com nossos cálculos, só seria ultrapassado em 2025. Ou seja, falta o governo explicar o porquê desse porcentual, se a ideia era acionar os gatilhos de imediato", afirma o diretor executivo da IFI, Felipe Salto.

Há uma alternativa na PEC para o governo acionar os gatilhos e congelar salários no ano que vem. Em 2021, essas despesas já estão com crescimento travado. O parecer dá aval para contenção dos gastos com o funcionalismo se um novo estado de calamidade pública for decretado. Caberia exclusivamente ao presidente da República solicitar e ao Congresso aprovar. Nesse caso, o congelamento seria feito por dois anos após o fim do decreto.

Além do critério de 95% das despesas, os gatilhos podem ser acionados em um novo estado de calamidade pública, que deve ser proposto pelo Executivo e aprovado pelo Congresso. Para a Consultoria de Orçamento da Câmara dos Deputados, um novo decreto daria amparo para o governo pagar um novo auxílio, pois sustentaria a abertura de um crédito extraordinário no Orçamento, fora do teto de gastos, e ao mesmo tempo permitiria a contenção de despesas com o funcionalismo. A calamidade, por outro lado, liberaria outros gastos, como financiamento a empresas e repasses a Estados e municípios, sem uma série de limitações fiscais.

"Esse dispositivo afasta e dispensa o cumprimento de diversas condições, destacando-se o atingimento de resultados fiscais e aquelas relacionadas à exigência de compensação na geração de novas despesas para seu enfrentamento. Ademais, ampara o argumento da necessidade de abertura de crédito extraordinário", diz nota assinada pelos consultores Eugênio Greggianin e Ricardo Volpe ao avaliar a possibilidade de um decreto de calamidade.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Compartilhe       

 




Mais sobre

ECONOMIA | 20/04/2021 07:51 - Há 15 horas e 2 minutos
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho

ECONOMIA | 20/04/2021 06:00 - Há 16 horas e 53 minutos
Empresas investem em novidades para o Dia das Mães

ECONOMIA | 19/04/2021 14:36 - Há 1 dia, 8 horas e 17 minutos
General Silva e Luna toma posse como presidente da Petrobras

ECONOMIA | 19/04/2021 14:00 - Há 1 dia, 8 horas e 53 minutos
Gás de cozinha segue em alta duas semanas após reajuste pela Petrobras

ECONOMIA | 19/04/2021 11:00 - Há 1 dia, 11 horas e 53 minutos
Mercado financeiro prevê inflação em 4,92% neste ano

ECONOMIA | 19/04/2021 10:03 - Há 1 dia, 12 horas e 50 minutos
Atividade econômica cresce 1,7% em fevereiro, diz BC

ECONOMIA | 18/04/2021 12:41 - Há 2 dias, 10 horas e 12 minutos
Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro

ECONOMIA | 18/04/2021 08:22 - Há 2 dias, 14 horas e 31 minutos
Aposta de São Paulo vence prêmio de R$ 40 milhões da Mega-Sena

ECONOMIA | 18/04/2021 08:16 - Há 2 dias, 14 horas e 37 minutos
SIMM disponibiliza 34 vagas de emprego nesta segunda-feira (19)

ECONOMIA | 17/04/2021 19:21 - Há 3 dias, 3 horas e 32 minutos
Nascidos em junho recebem neste domingo (18) 1ª parcela do Auxílio Emergencial

ECONOMIA | 17/04/2021 14:00 - Há 3 dias, 8 horas e 53 minutos
Dupla-Sena da Páscoa sorteia prêmio de R$ 30 milhões neste sábado

ECONOMIA | 17/04/2021 12:43 - Há 3 dias, 10 horas e 10 minutos
Caixa sorteia hoje R$ 40 milhões da Mega-Sena acumulada

ECONOMIA | 16/04/2021 19:04 - Há 4 dias, 3 horas e 49 minutos
Mais de 40% dos contribuintes enviaram declaração do IR

ECONOMIA | 16/04/2021 18:56 - Há 4 dias, 3 horas e 57 minutos
Caixa pode fazer novas antecipações de saques do auxílio emergencial

ECONOMIA | 16/04/2021 18:54 - Há 4 dias, 3 horas e 59 minutos
General Silva e Luna é confirmado no comando da Petrobras

ECONOMIA | 16/04/2021 18:02 - Há 4 dias, 4 horas e 51 minutos
Saiba como declarar sua carta de crédito na reta final do Imposto de Renda

ECONOMIA | 16/04/2021 17:48 - Há 4 dias, 5 horas e 5 minutos
Cooperativas da agricultura familiar faturam R$ 44,7 milhões

ECONOMIA | 16/04/2021 14:39 - Há 4 dias, 8 horas e 14 minutos
Confira o novo calendário após o governo antecipar saque do auxílio

ECONOMIA | 16/04/2021 12:00 - Há 4 dias, 10 horas e 53 minutos
Petrobras publica edital de licitação para arrendamento de terminal de GNL na BA

ECONOMIA | 16/04/2021 08:56 - Há 4 dias, 13 horas e 57 minutos
Volume de Serviços na Bahia retraiu 1,8% em fevereiro

ECONOMIA | 16/04/2021 08:38 - Há 4 dias, 14 horas e 15 minutos
Grupo anuncia doação de R$ 30 mi à saúde pública

ECONOMIA | 15/04/2021 16:49 - Há 5 dias, 6 horas e 4 minutos
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

ECONOMIA | 15/04/2021 15:38 - Há 5 dias, 7 horas e 15 minutos
Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

ECONOMIA | 15/04/2021 12:10 - Há 5 dias, 10 horas e 43 minutos
Eduardo Paes testa positivo para Covid-19 pela 2ª vez

ECONOMIA | 15/04/2021 10:39 - Há 5 dias, 12 horas e 14 minutos
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 40 milhões

ECONOMIA | 15/04/2021 10:00 - Há 5 dias, 12 horas e 53 minutos
Aplicativo com serviços exclusivos para profissionais de Direito será lançado

ECONOMIA | 15/04/2021 10:00 - Há 5 dias, 12 horas e 53 minutos
Editais municipais incentivam retomada econômica para empreendedores e startups

ECONOMIA | 15/04/2021 09:06 - Há 5 dias, 13 horas e 47 minutos
Prazo para antecipação do 13º de aposentados termina nesta quinta

ECONOMIA | 15/04/2021 08:21 - Há 5 dias, 14 horas e 32 minutos
Simm oferece 38 vagas de emprego nesta quinta-feira

ECONOMIA | 15/04/2021 07:50 - Há 5 dias, 15 horas e 3 minutos
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em maio