Ernesto Araújo diz que governo perdeu 'alma' e 'ideal'

A postagem no Twitter é uma crítica direta à articulação política do Palácio do Planalto, sob influência de generais da reserva do Exército e comandada por deputados licenciados.

Tribuna da Bahia, Salvador
01/05/2021 17:35 | Atualizado há 11 dias, 19 horas e 18 minutos

   
Foto: Adriano Machado / Reuters

Um dos aliados mais ideológicos do presidente Jair Bolsonaro enquanto permaneceu no Executivo, o ex-ministro Ernesto Araújo, que ocupou a pasta das Relações Exteriores até o mês passado, publicou uma série de críticas ao governo nas redes sociais neste sábado (01). Nas postagens, Araújo criticou, indiretamente, a proximidade do Palácio do Planalto com parlamentares do Centrão.

Para Araújo, o governo Bolsonaro, desde o ano passado, se tornou uma “administração tecnocrática sem alma nem ideal”. O ex-ministro pediu demissão após ser informado pelo presidente Jair Bolsonaro de que deveria entregar o cargo. A saída dele ocorreu após pressão de parlamentares e de negociações com o Congresso. Araújo é apontado como um dos principais responsáveis pela deterioração da imagem do país no exterior, assim como o próprio chefe do Executivo.

O avanço da pandemia de covid-19 e declarações com críticas à China contribuíram para a queda do ex-ministro. "Um governo popular, audaz e visionário foi-se transformando numa administração tecnocrática sem alma nem ideal. Penhoraram o coração do povo ao sistema. O projeto de construir uma grande nação minguou no projeto de construir uma base parlamentar", escreveu.

Para o ex-ministro, as reformas ficaram em segundo plano, diante do avanço da influência do Centrão no governo. "Leilões, privatizações, reformas tributária e administrativa? Se não for combatida a essência do sistema, estas serão reformas “Gattopardo”: mudanças para que tudo permaneça igual. Nenhuma “articulação política” vai mudar o Brasil. Somente a pressão popular", declarou.

Ernesto se junta a uma série de autoridades que deixaram seus cargos e viraram críticos do governo Bolsonaro. A situação mais conhecida é a do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, que saiu da pasta acusando o presidente de tentar interferir na Polícia Federal. Além dele, outros integrantes da Esplanada também viraram detratores do Executivo atual, como o ex-ministro chefe da Secretaria de Governo, general Santos Cruz, e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. 

Fonte: Correio Braziliense.

Compartilhe       

 




Mais sobre

POLÍTICA | 13/05/2021 06:00 - Há 6 horas e 53 minutos
Futuro político de Capitão Alden começa a ser definido hoje

POLÍTICA | 13/05/2021 06:00 - Há 6 horas e 53 minutos
Tucanos baianos se opõem a Lula e preferem Bolsonaro em eventual embate

POLÍTICA | 12/05/2021 17:35 - Há 19 horas e 17 minutos
Relator da reforma tributária apresenta parecer final

POLÍTICA | 12/05/2021 16:14 - Há 20 horas e 38 minutos
Congresso deve definir modelo de privatização dos Correios, diz Faria

POLÍTICA | 12/05/2021 06:00 - Há 1 dia, 6 horas e 53 minutos
Aprovação do governo Bolsonaro para de cair após novo auxílio

POLÍTICA | 12/05/2021 06:00 - Há 1 dia, 6 horas e 53 minutos
Planalto ameniza depoimento de Torres e diz comprovar independência da Anvisa

POLÍTICA | 12/05/2021 06:00 - Há 1 dia, 6 horas e 53 minutos
Barra Torres defende vacina e se mostra resistente à cloroquina

POLÍTICA | 12/05/2021 06:00 - Há 1 dia, 6 horas e 53 minutos
Bruno Reis critica discurso por voto impresso

POLÍTICA | 12/05/2021 06:00 - Há 1 dia, 6 horas e 53 minutos
Damares se solidariza com prefeita: "Mexeu com a gente"

POLÍTICA | 12/05/2021 06:00 - Há 1 dia, 6 horas e 53 minutos
Elmar Nascimento inicia ofensiva para atrair nomes ao PSL

POLÍTICA | 11/05/2021 21:58 - Há 1 dia, 14 horas e 54 minutos
ACM Neto define cidades que visitará na Chapada

POLÍTICA | 11/05/2021 12:02 - Há 2 dias, 50 minutos
Bolsonaro nomeia Bruno Funchal como secretário especial de Fazenda

POLÍTICA | 11/05/2021 12:00 - Há 2 dias, 53 minutos
PSD mira 2022 afastado de Bolsonaro

POLÍTICA | 11/05/2021 11:09 - Há 2 dias, 1 hora e 43 minutos
Bolsonaro diz que País terá novo 'problema sério' por falta de chuvas

POLÍTICA | 11/05/2021 06:00 - Há 2 dias, 6 horas e 53 minutos
'Brasil encontra-se na antessala do golpe', diz ministro Edson Fachin

POLÍTICA | 11/05/2021 06:00 - Há 2 dias, 6 horas e 53 minutos
“Tudo indica que Bolsonaro não me quer como vice em 2022”, diz Mourão

POLÍTICA | 11/05/2021 06:00 - Há 2 dias, 6 horas e 53 minutos
Codevasf incha e vira estatal do Centrão

POLÍTICA | 11/05/2021 06:00 - Há 2 dias, 6 horas e 53 minutos
Aras diz ser contra pedido para investigar cheques de Queiroz a Michelle

POLÍTICA | 11/05/2021 06:00 - Há 2 dias, 6 horas e 53 minutos
Câmara de Feira de Santana instaura "CPI da Cesta Básica"

POLÍTICA | 11/05/2021 06:00 - Há 2 dias, 6 horas e 53 minutos
ACM Neto enfrenta ameaça de debandada no DEM

POLÍTICA | 11/05/2021 06:00 - Há 2 dias, 6 horas e 53 minutos
“Se for Bolsonaro e Lula, eu voto em Bolsonaro de novo”, diz Gualberto

POLÍTICA | 10/05/2021 17:23 - Há 2 dias, 19 horas e 29 minutos
Paes se desculpa por cantar sem máscara e promover aglomeração em bar

POLÍTICA | 10/05/2021 16:15 - Há 2 dias, 20 horas e 37 minutos
Com efeito Lula, PSOL racha sobre 2022 e põe Boulos e Erundina em lados opostos

POLÍTICA | 10/05/2021 11:48 - Há 3 dias, 1 hora e 4 minutos
Ala do MDB reage a ofensiva de Lula por 2022

POLÍTICA | 10/05/2021 06:00 - Há 3 dias, 6 horas e 53 minutos
Queiroga será reconvocado para falar na CPI, diz Omar Aziz

POLÍTICA | 10/05/2021 06:00 - Há 3 dias, 6 horas e 53 minutos
Bolsonaro faz passeio de moto em homenagem ao Dia das Mães

POLÍTICA | 10/05/2021 06:00 - Há 3 dias, 6 horas e 53 minutos
"Quem pontuar em pesquisas hoje não significa ser o vitorioso", diz Coronel

POLÍTICA | 09/05/2021 19:04 - Há 3 dias, 17 horas e 49 minutos
Cunha retorna às redes sociais com popularidade em alta após virar meme

POLÍTICA | 09/05/2021 15:31 - Há 3 dias, 21 horas e 22 minutos
CPI da Covid abre novas frentes de investigação após primeiros depoimentos

POLÍTICA | 08/05/2021 19:15 - Há 4 dias, 17 horas e 37 minutos
Renan: Em 2018 'se escolheu o que havia de pior na política nacional'