Saiba os cuidados que devemos ter com os olhos

Segundo especialista, a boa alimentação evita doenças degenerativas dos olhos


Tribuna da Bahia, Salvador
06/07/2018 10:00 | Atualizado há 9 dias, 6 horas e 17 minutos

   
Foto: Reprodução

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, muitos casos de cegueira e deficiência visual poderiam ter sido evitados se fossem tratados com antecedência. Por isso, o dia 10 de julho se destina à conscientização da população quanto aos cuidados com os olhos.

Uma dieta balanceada e exercícios físicos são importantes para uma vida saudável, incluindo a saúde ocular. A boa alimentação evita doenças degenerativas dos olhos, conforme explica a Drª Dayse Oliveira, médica oftalmologista do Hospital Humberto Castro Lima. Ela reuniu 10 dicas que podem evitar problemas oculares no futuro. Confira:

1- Evite coçar os olhos. Esse ato pode provocar irritação e até ocasionar lesões nos olhos. Mãos sujas podem levar bactérias e causar conjuntivite nos olhos.

2- Cuidado com o uso de maquiagem. Não usar maquiagem fora da validade. Retirar maquiagem antes de dormir. Não compartilhar maquiagem e lavar com frequência pincéis e escovas de maquiagem para evitar proliferação de bactérias 

3- Evite o consumo de cigarro. Estudos demonstram que o uso de cigarro está associado a alguns problemas de visão.

4- Cuidado com o uso de lentes de contato. Lavar bem as mãos antes do manuseio das lentes, manter o estojo da lente sempre limpo, substituir as lentes de acordo com o prazo de validade e seguir as orientações dadas pelo oftalmologista. Essas atitudes evitam riscos desnecessários, como uma infecção.

5- Realize pausas durante o uso de Computadores etc. Atividade de alta concentração diminui o piscar, levando ao ressecamento dos olhos. Essa atitude ajuda a descansar os olhos e evita problemas que comprometem a visão no futuro.

6- Pratique exercícios físicos e tenha uma boa alimentação. Hábitos saudáveis é importante para saúde do corpo como um todo, incluindo os olhos. 

7- Diabéticos e hipertensos tem que estar atentos. O aumento do açúcar e pressão arterial podem levar a alterações oculares.

8- Use óculos escuros com filtros solares de boa qualidade. Há indícios que a exposição ao sol durante a vida pode contribuir com doenças degenerativas dos olhos na velhice.

9- Não se automedique. O uso de colírios sem prescrição médica pode causar problemas oculares e até cegueira.  

10- Realize consultas oftalmológicas periódicas, mesmo sem sintomatologias. Essa iniciativa é imprescindível para prevenir problemas futuros e manter a saúde dos olhos.

A sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica (SBPO) recomenda que o primeiro exame oftalmológico seja realizado ao nascer (Teste do Olhinho). Após esse período, o ideal é realizar uma consulta a cada 6 meses até completar 2 anos e, anualmente, por toda a vida, ou a critério do médico oftalmologista, caso haja alguma alteração e necessite de um acompanhamento especial.

A Drª Dayse Oliveira alerta, ainda, que todos estão suscetíveis a desenvolver problemas que acometem a visão, “mas o grupo de risco, com certeza, são os idosos, pois eles estão mais propensos a doenças relacionadas à idade como catarata, glaucoma e degeneração macular”.

Quanto à validade de uma receita de óculos, é interessante destacar que ela dura, em média de 6 meses a 1 ano, o tempo necessário para realizar outra consulta e avaliar mudança do grau. O alerta da Drª Dayse Oliveira é de que o uso de óculos com grau desatualizado pode causar desconforto, dores de cabeça e irritação ocular.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas