Valdemir Santana - Edição do dia 11/7

Ícone mundial do canto coral, Rolf Back treina talentos em Trancoso, mas sem incluir baianos


Tribuna da Bahia, Salvador
11/07/2018 09:26 | Atualizado há 11 dias, 4 horas e 33 minutos

   
Foto: Reprodução

A quarta edição de um dos projetos mais singulares da música erudita mundial, a “Academia Canto em Trancoso” começa neste sábado, dia 14, no fabuloso “Teatro L’Occitane” de Trancoso, sul da Bahia, sob o comando do maestro alemão Rolf Back (foto). Ele é conhecido em todo o mundo erudito por dirigir a academia de canto coral “Chorakademie Lübeck” da Alemanha, onde se desenvolvem trabalhos e parcerias semelhantes ao da Bahia, e inclui até atuação na China.

Rolf Back chega à Bahia para começar o treinamento da nova turma de cantores bolsistas que, se aprovados, podem integrar a “Chorakademie Lübeck”. O final do treinamento inclui a apresentação da peça “O Messias” de Georg Friedrich Händel, junto com a Orquestra “Acadêmica Mozarteum Brasileiro”, sob a regência do mesmo Rolf Back, no sábado seguinte, dia 21.

Este é um ano especial para a “Chorakademie Lübeck” e o parceiro no país, a instituição “Mozarteum Brasileiro”. Especial porque houve um recorde de candidatos inscritos, com o total de mais de 160 cantores. Estão selecionados 43, sendo dezessete de São Paulo, onze do Rio de Janeiro, seis de Minas Gerais, três do Paraná, e um dos estados do Espírito Santo, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Pernambuco e da Paraíba.

Véspera de aniversario animada e elegante para Malala na Bahia 

Além de uma intensa agenda humanitária na Bahia, que incluiu visita a instituições sociais da capital, a ativista paquistanesa Malala Yousafzai teve um dia de felicitações, elogios, elegância, e claro, muito carinho e diversão cultural, bem às véspera do aniversario de maioridade dela, de 21 anos, que acontece nesta quinta feira. Ela é a pessoa mais jovem a receber o “Prêmio Nobel da Paz” e viveu uma história absurda de ataques contra a sua liberdade de expressão. Foi baleada pelo exercito fundamentalista islâmico “Talibã” por freqüentar a escola, antes de se refugiar no Reino Unido e ganhar respeito mundial.

Mas nem tudo é um rosário de lagrimas para a jovem toda zen e bem vestida com um dress code que se inspira na elegância do sul da Ásia. Malala nasceu em Swat, um vale que parece os Alpes é chamado de Suíça do Oriente. Gosta de paisagem, portanto, e bateu pernas pelo casario histórico do Pelourinho. Debruçou no parapeito do Elevador Lacerda para fazer selfie com o cenário da Cidade Baixa. 

Ponto alto socialmente, foi ser recebida pela socialite mineira Regininha Mendes Bafite, uma das mulheres mais chiques de Salvador. Mas vale lembrar, Malala tira de letra a comunicação pelas redes sociais. Fez postagens no aplicativo “Instagram” e num piscar de olhos, menos de seis horas, foram quase cem mil curtidas. Gente do mundo inteiro convidando para visitar outros países. “You are more than welcome in Turkey” convidou a internauta Rukiye Sarac, da Turquia.

Paula Lavigne recebe retribuição de réveillon baiano em Paris

Pouco mais de seis meses após promover uma festa de reveillon que deu o que falar em Salvador, a produtora e atriz carioca Paula Mafra Lavigne teve uma surpresa elegante, esta semana em Paris. Um dos convidados que Lavigne recebeu em dezembro, na mansão da riviera da Paciência, no Rio Vermelho, era o ator francês Vincent Cassel. Justamente o anfitrião da festa parisiense em que Paula Lavigne e o marido, o cantor baiano Caetano Veloso, foram recebidos após o show da turnê “Oratório” do fabuloso “Gran Rex”. . 

No final do ano, Vicent Cassel e a mulher, a modelo Tina Kunakey Di Vita, elogiaram e comentaram para o mundo inteiro, pelas redes sócias, a festa de réveillon na Bahia. Retribuiu com elegância e estilo, portanto, na recepção em casa, onde estavam também é claro, o filho de Caetano Veloso e Dedé Gadelha, Moreno Gadelha Veloso, e os do cantor com Paula Lavigne, Tom Lavigne Veloso e Zeca Lavigne Veloso que sabem no palco no espetáculo que tem apresentações na Itália a partir desta sexta feira. 

Jazz e blues para as tribos cools no Rio Vermelho

Varandas debruçadas para o roteiro daquelas tribos cools cheias de atitude; mesas de calçada com jeito de fervo cosmopolita, e a pista no andar de cima que dão que falar, consagraram rápido o “Fronteira Beer Music Friends” como nova sensação no Rio Vermelho, o bairro artsy e musical. A casa começa hoje nova programação com os músicos Márcio Pereira, Kiko Souza, André Luba e Robson Cunha para o projeto com a infalível dobradinha Jazz & Blues. A cantora Camila Nunes é a convidada especial da semana. 

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas