Prefeitos se reúnem com ministro por apoio ao combate à seca

Liderados pelo presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), os gestores cobraram a ampliação da Operação Carro-Pipa


Tribuna da Bahia, Salvador
12/07/2018 07:00 | Atualizado há 3 dias, 10 horas e 23 minutos

   
Foto: Divulgação

Da redação

Uma comissão de prefeitos baianos se reuniu com o ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua Andrade, na manhã de ontem, em Brasília. Liderados pelo presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), os gestores cobraram a ampliação da Operação Carro-Pipa no interior do estado, onde 183 municípios têm decretado estado de emergência por conta da estiagem prolongada. Eures Ribeiro explica que em alguns municípios o serviço chegou a ser suspenso e onde foi mantido os moldes do abastecimento não atendia. “De nada vale a operação se o abastecimento não for feito em cada unidade e não apenas nas caixas comunitárias, onde a população precisa carregar a água por quilômetros de distância”, disse o gestor que também é prefeito de Bom Jesus da Lapa e vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Em resposta, o ministro determinou a imediata retomada do abastecimento e convocou para próxima semana uma reunião entre a UPB, o Exército Brasileiro, que é responsável pelos carros-pipa, e a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) para tratar de detalhes da forma de entrega da água. Foi discutida ainda a construção de uma adutora de engate rápido nos municípios de Cordeiros, Mortugaba e Condeúba, que abastecem carros-pipa no estado de Minas Gerais, em uma distância média de 50km.

A expectativa é avançar nas ações de convívio com a seca para atender o período de escassez maior de chuvas nos meses de agosto e setembro, conforme apontou os prefeitos. Ficou acertado ainda que nos próximos dias, outros 29 municípios baianos devem receber a homologação do decreto de emergência por parte do Ministério da Integração Nacional para ter acesso a essa assistência. Fizeram parte da comissão atendida pelo ministro Antonio de Pádua os prefeitos de Belo Campo, José Henrique Tigre, de Anagé, Elen Zite, Bom Jesus da Serra, Edinaldo Meira, Mortugaba, Rita de Cássia, Cordeiros, Delci Alves, Igaporã, José Suly, Condeúba, Silvan Baleeiro e Tremedal, Márcio Ferraz. Acompanhou também a reunião o deputado federal Arthur Maia (DEM). 

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas